Pular para conteúdo
13.11.09

Poesia em quadrinhos

Ao lado temos um belo exemplo de como poesia também pode ser feita em pequenas tiras de arte seqüêncial, mais conhecida como quadrinhos. Clique na imagem para vê-la em tamanho maior.

Créditos e textos abaixo

Primeira tirinha:
Crédito: Do veterano quadrinista Laerte.
Texto: Vinha lendo, distraido, quando, de repente... (...) Era o mundo.

Segunda tirinha:
Crédito: Por João, o mais jovem quadrinista brasileiro.
Texto: Eu sou o Rei do Mundo!!! (...) Socorro!!!

Terceira e última tirinha:
Crédito: Do genial André Dahmer, nem sempre tão malvado assim.
Texto: "A coragem do primeiro pássaro" - No final das contas, somos todos sobreviventes de nós mesmos / Lá nas prisões do finito, ousar ser eterno: amor como atalho e labirinto / Mas se você não está morto, sonhará porto por perto / Anoiteça o que anoitecer, coração aberto

Marcadores: , , , , , , , ,

2 comentários:

Blogger Hosamis disse...

Olá. Assuntos referentes a poesia em quadrinhos nos interessam. Desenvolvemos o projeto Poesia em Quadrinhos na Escola. Gostaríamos de postar em nosso blog sua postagem, pode ser?

Se desejar conhecer o nosso blog:

http://poesiaemquadrinhosnaescola.blogspot.com/

Um abraço,

Hosamis.

7/9/11 16:04  
Anonymous raph disse...

Claro pode usar sim, mas lembra que o crédito é dos autores originais citados no txto..

Abs
raph

7/9/11 18:55  

Postar um comentário

Toda reflexão é bem-vinda:

‹ Voltar a Home

Related Posts with Thumbnails