Pular para conteúdo
26.10.09

Questões primordiais

Porque existe algo e não nada?

Como surgiu o universo?

Se a natureza é um sistema, qual a sua função?

De onde viemos?

Quem somos nós?

Para onde iremos?

Se o futuro ainda não existe e o passado já não existe mais, o que é o tempo?

O que, em nós, toma decisões morais?

Se Deus é onisciente, porque lhe pedimos algo?

Se todos nós respondemos as mesmas leis naturais, um evento sobrenatural não seria injusto?

O que é uma idéia inata?

O que é a consciência?

Se nós morremos todas as noites, e renascemos todos os dias, porque tememos a morte?

Se tudo o que somos é resultado do movimento de partículas, porque acreditamos que devemos punir decisões alheias?

Será melhor amar e perder, ou nunca ter amado?

Será melhor existir e sentir dor, ou nunca ter existido?

Porque se preocupar com eventos além de nossa vontade?

Tempo é dinheiro, tempo para (...)?

Viver para (...)?

***

Crédito da foto: David Gutierrez

Marcadores: , , , , , , ,

4 comentários:

Blogger Lary disse...

Nossa, todas essas perguntas me fizeram lembrar da minhas aulas de Filosofia. =)

3/11/09 17:56  
Blogger raph disse...

Ainda bem que você se lembra delas, ou melhor, ainda bem que você teve aulas de Filosofia ainda cedo :)

3/11/09 21:00  
Blogger Lu Costa disse...

Sou sua mais nova seguidora.

Passei por aqui e gostei muito do seu blog.

Interessante e voltarei sempre.

Gostaria de convidar você para visitar o meu blog, também o :

"Se melhorar estraga".

É de humor, rápido e fulminante, você nem perderá muito o seu tempo.

Espero que goste!

12/11/11 15:26  
Blogger raph disse...

Obrigado Lu, estou indo lá agora...

Abs
raph

12/11/11 22:07  

Postar um comentário

Toda reflexão é bem-vinda:

‹ Voltar a Home

Related Posts with Thumbnails