Pular para conteúdo
15.11.10

Escrever sobre ti

Escrever sobre ti
É como ter a alma sempre macia
E saber saborear algo que jamais vi
E calcular equações com poesia

É esperar por um anjo após a ventania
E ouvi-lo ditar aos feitiços de sua magia
E prometer passar tudo ao papel na calmaria
Mas ao acordar, esquecer disso tudo que sentia

É como enxergar profundamente
Sem qualquer pressa, dentro de si
Dobrando-se na própria mente

E afastar o olhar
Antes que o brilho da fornalha venha a nos cegar
E tuas ondas quebrem pelo mar

Enfim, e o que é escrever sobre ti
Senão buscar a verdade aqui e ali
E não encontrar
Mas ainda então, sem mourejar
Sem desistir de si
Continuar a velejar
Assim sem rumo, dentro de ti

raph’10

***

Crédito da foto: Mark Karrass/Corbis

Marcadores: , ,

0 comentários:

Postar um comentário

Toda reflexão é bem-vinda:

‹ Voltar a Home

Related Posts with Thumbnails