Pular para conteúdo
19.1.15

Crer para compreender, compreender para crer

Não devemos confundir razão com comprovação científica.

Antes de todos os cientistas acreditarem em sua teoria, Einstein teve de ter fé na concepção do espaço e do tempo como dimensões de uma mesma substância. Isso não era uma ideia simples para a época, e 99% das pessoas diriam que ele estava louco por pensar em algo assim.

A comprovação, veio só depois...

Mas a razão sempre esteve presente. Por isso muitos de nós hoje compreendemos que o espaço e o tempo formam um conjunto chamado espaço-tempo... O que um dia foi a fé de um cientista visionário, hoje é a razão e a compreensão de muitos de nós.

Primeiro, Einstein contemplou, intuiu, vislumbrou e acreditou na possibilidade, depois através da razão a compreendeu, e finalmente elaborou sua teoria – que eventualmente foi comprovada pela ciência. Ou seja: crer para compreender, compreender para crer. É um caminho sem fim, ou poderia-se dizer que "o Grande Mistério" estará nos esperando no final...

Não importa, não há um final.

Marcadores: , , , , ,

2 comentários:

Blogger Louis Morelli disse...

É fácil afirmar a fôrça da Razão Humana baseando-se numa teoria depois que foi provada. Mas enquanto
a teoria agride as correntes crenças e não for comprovada, não conheço algum método para afirmar sua presença na teoria. Por exemplo, isto está agora ocorrendo com a minha teoria, "Matrix/DNA Theory". Para mim ela é a visão de mundo mais racional, mais lógica, elaborada até hoje, porem para qualquer outro, ela é pura fantasia beirando a loucura.Você conhece um método?

26/1/15 14:09  
Blogger raph disse...

Penso que não existe um método infalível ou que seja capaz de convencer a todos... É exatamente por isso que não há como fugirmos da fé (ainda quando não admitamos ter fé).

Claro que existem vários tipos ou gradações de fé, a questão é que não ter fé alguma é algo tão destrutivo quanto ter uma fé fanática, totalmente deslocada da observação das leis da Natureza.

Agostinho de Hipona, um defensor da união da razão e da fé, é quem mais defendia o "crer para compreender, compreender para crer". A frase foi tirada das obras dele...

Abs
raph

26/1/15 16:14  

Postar um comentário

Toda reflexão é bem-vinda:

‹ Voltar a Home

Related Posts with Thumbnails