Pular para conteúdo
12.11.14

Filosofia em 8 bits

Um dos meus personagens preferidos dos games de infância é o Red Mage (Mago Vermelho) do Final Fantasy I, um game de RPG clássico lançado para o antigo Nintendo em 1990 (nos EUA). Na época eu não compreendia ao certo o meu fascínio por ele, somente muitos anos depois é que percebi que era pelo fato de ele trilhar o "caminho do meio". Sim, isto porque o Red Mage podia usar tanto magias de combate quanto magias de cura, ao contrário dos outros personagens magos, o Black Mage (Mago Negro) e a White Mage (Maga Branca), que se limitavam somente a um dos dois espectros.

Algo semelhante ocorreu com os quadrinhos de super-heróis que eu lia desde praticamente pouco após aprender a ler: somente anos mais tarde é que fui perceber o quanto a mitologia tinha a ver com tudo aquilo. No caso do Red Mage, o que me fascinava era a filosofia da coisa, e mais tarde me tornei um grande entusiasta do taoismo... Estou trazendo tudo isso para dizer que não devemos nos basear em pré-conceitos para evitar o contato com a filosofia e as mitologias. Se formos ouvir a "opinião comum", iremos acabar acreditando que a filosofia "é muito complexa e não serve para quase nada", e que as mitologias "são coisa do demônio" (exceto a mitologia bíblica, é claro).

No caso da filosofia, eu só fui mesmo me interessar por ela quando fui obrigado a ler Kant por conta de uma aula de estética (filosofia da arte) na faculdade (Belas Artes, UFRJ). A despeito de eu haver me "iniciado" na filosofia com um dos seus escritores de texto mais complexo (Kant costuma fazer resumos do seu próprio texto ao longo do mesmo livro!), acabei chegando nos textos de Platão e dali para frente um novo mundo se descortinou para mim (ou, para quem acredita, relembrei do que já havia lido há muitos séculos atrás). Na medida em que fui conhecendo Platão, Sócrates, Lao Tse, Agostinho, Nietzsche, Schopenhauer, Espinosa, etc., uma questão sempre me assombrava: "Nossa, porque só fui começar a ler isso na faculdade, minha adolescência teria sido tão mais fácil se os houvesse encontrado antes!"

Ou seja, a "opinião comum", como é tão costumeiro, acabou atrasando em alguns anos o meu desenvolvimento intelectual e espiritual... Mas, ainda que até hoje você não tenha tomado coragem para ler um grande filósofo, nunca é tarde para começar. Além de livros como O mundo de Sofia (de Jostein Gaarder) e O livro da filosofia, há inúmeras outras formas de se tomar um contato inicial "mais amistoso" com as aparentes complexidades filosóficas. Uma delas é exatamente o 8-Bit Philosophy, uma série de vídeos muito divertida e instrutiva que traz uma rápida introdução ao pensamento de alguns filósofos célebres usando o visual dos games das décadas de 1980 e 1990.

E, graças a generosidade de Rafilsky McFinnigan, agora podemos vê-los com legendas em português. O primeiro vídeo da série fala sobre Platão e o Mito da Caverna:

***

» Veja os demais vídeos legendados da série 8-Bit Philosophy

» Veja meus comentários acerca do Mito da Caverna (série com 2 posts)

Crédito da imagem: Square Enix/Final Fantasy (montagem por raph)

Marcadores: , , , ,

3 comentários:

Anonymous Anônimo disse...

A filosofia é apaixonante! Fui apresentado a Coleção "Os Pensadores" nas aulas de filosofia do segundo grau, mas somente em uma releitura anos mais tarde que fui compreender mais profundamente, quebrar meus paradigmas culturais, religiosos e o resto de maniqueísmo intrínseco. Tem vários dos livros pela net e sites bacanas, como o "Textos para Reflexão". Filosofar é viver! ;)

http://charlezine.com.br/colecao-os-pensadores-nova-cultural/

12/11/14 20:54  
Blogger raph disse...

O Platão que li, citado acima, foi precisamente desta coleção... Sem dúvida a principal coleção de Filosofia das que já foram lançadas no Brasil :)

13/11/14 00:11  
Blogger Ricardo Costa disse...

Só tenho a agradecer (nem sei a quem mais agora, q baderna) pelo MDD e agora por ter encontrado seu blog.

E esses videos de 8bits são a cereja do bolo. Nunca me diverti tanto em anos descobrindo e estudando esse admiravel mundo novo.

Obrigado!

14/11/14 13:01  

Postar um comentário

Toda reflexão é bem-vinda:

‹ Voltar a Home

Related Posts with Thumbnails