Pular para conteúdo
12.8.08

Lógica

Todo efeito tem causa,
E toda causa inteligente vem da inteligência;
E se, inteligente é o sentido de tudo o que existe,
É porque preserva-se na própria existência:
Medita, vegeta, caça, desperta...
Antes sobrevive, para depois viver.

Todo homem tem escolha,
E se, é dada a liberdade de escolha,
É porque existe a liberdade de julgamento
De toda a escolha, todo o fruto, toda a obra...
A capacidade de compreender
O bom e reto julgamento:
A isso chamamos justiça.

Todo ser é criado, todo ser é aniquilado.
Nesse vai e vem, bilhões de orbes giram
Em torno de bilhões de sóis,
Flutuando em meio a bilhões de galáxias...
Quanto tempo terá todo esse tempo?
Tempo suficiente
Para que todo ser evolua.

Do gérmen a planta,
Do mar ao solo,
Do topo da colina, aos céus,
Do topo da animalidade, a consciência;
Todo ser orgânico é anti-entrópico:
Organiza-se, desenvolve-se, e não apenas fisicamente...

Assim como Mozart decerto não nasceu sabendo,
E não se tornou gênio por dom de Deus,
Todos os outros gênios da humanidade
Hão de ter desenvolvido, passo a passo
Toda a cognição, toda moral, toda espiritualidade
Que não achamos em proteínas, na cor dos olhos,
No sistema imunológico, ou em gene algum...

E se, finalmente, na existência existe propósito,
E existe a justiça,
O mero fato de uns nascerem na Suécia, enquanto
Seus irmãos sentem a fome e a secura
Do Quênia, já seria injusto de antemão:
Tudo evolui, mas da mesma forma
Tudo se renova.

Nascer, viver, morrer,
Renascer ainda,
E caminhar sempre à frente,
Essa é a lógica.

Raph’08

Marcadores: , , , ,

0 comentários:

Postar um comentário

Toda reflexão é bem-vinda:

‹ Voltar a Home

Related Posts with Thumbnails