Pular para conteúdo
6.1.11

O tilintar das potencialidades

Porque não há o que temer, as potencialidades jamais se perdem, apenas as personalidades:


Garotinha norte-coreana de aproximadamente 5 anos (não consegui encontrar o nome).


Sungha Jung, aproximadamente aos 11 anos. Prodígio sul-coreano.

***

Não há surpresa que tantas crianças prodígio venham das coréias, o foco na disciplina e nas atividades artísticas no período da infância costuma despertar as potencialidades (principalmente na música, que vem direto da alma). Mozart, afinal, jamais teria sido tão genial se o pai não lhe tivesse ensinado a tocar piano por volta dos 3 anos...

Marcadores: , , , ,

1 comentários:

Blogger Samuel disse...

Impressionante, essas crianças.

Realmente as coisas boas nunca morrem,

as máscaras se vão e o talento fica.

7/1/11 10:11  

Postar um comentário

Toda reflexão é bem-vinda:

‹ Voltar a Home

Related Posts with Thumbnails