Pular para conteúdo
18.12.06

Gotas

Gotas
que caem
no oceano.

Gotas…
Límpidas, porém cálidas.
Caem…
Em infinitos oceanos.

Muitas gotas.
Gotas sem rumo.
Caem ao acaso
em um lindo vaso
que guarda o ser humano.

Quantas gotas
hão de cair
para ante a verdade,
evaporarem de volta aos céus,
e finalmente encontrarem
um caminho a seguir?

(Tantas quantas lágrimas
o Criador puder chorar…)

raph'99

***

As gotas são as almas dos homens.
Límpidas por nascerem puras, cálidas por procurarem arduamente a evolução.
Cada oceano é uma terra de homens, pois cada planeta tem seu oceano.
A princípio as almas parecem estar sem rumo, e a ilusão de que existe o acaso parece bem real.
O "lindo vaso" é o próprio ser humano, sua máquina perfeita, seu corpo terreno.
Evaporam de volta aos céus quando desencarnam, não uma mas muitas vezes.
Porisso o "quantas gotas hão de cair"...
Após várias encarnações as almas finalmente encontram um caminho à seguir.
Então a ilusão de que existe o acaso desaparece.
E finalmente,
O Criador só poderia estar chorando de alegria.

Marcadores: ,

0 comentários:

Postar um comentário

Toda reflexão é bem-vinda:

‹ Voltar a Home

Related Posts with Thumbnails