Pular para conteúdo
3.7.08

Respeitar as diferenças

Existem aqueles que crêem em um Criador
Que seguem a um dogma, uma doutrina;
Existem os que crêem em diversos pontos de vista
E os que seguem apenas um único manual
Da Verdade Absoluta

De certo existem os que não crêem em nada
Ou pelo menos gostam de pensar assim;
E os que esperam pelos Observadores da Natureza
A desvendar para eles uma realidade
Que se sentem incapazes de desvendar por si mesmos

Existem os que atacam a crença alheia
Para reafirmar a sua própria descrença,
E antecipam o Julgamento que era marcado
Para o Fim dos Tempos;
E existem os que respeitam toda crença,
Por estarem seguros da sua própria
E não crerem nessa tal Infabilidade Derradeira

De certo, o que existe, são seres humanos
Que convergem e divergem, observam e rejeitam
São compassivos, violentos, sábios, ignorantes...
Mas a História tratou de nos mostrar
Os bons exemplos

Será que não seria melhor segui-los?
Reunindo-nos todos no Jardim de Epicuro,
Acomodados numa mesquita de Al-Andalus,
Ou em algum salão de Alexandria;
Não para resolver, mas antes, para dialogar...
E dialogando, dias e noites,
E noites e dias, quem sabe...
Talvez aprender enfim
A respeitar as diferenças?

Raph'08

*

Eu creio que, apesar da diversidade de crenças, todos defendem uma conduta ética, uma moral equilibrada, e um sentimento de amor harmonioso, para todos os que aqui estão vivendo... Todos vizinhos, todos irmãos, todos sagrados, independentemente da crença de cada um: existir é sagrado, conviver é sagrado, pensar é sagrado. E, se existe um Deus, ele não poderia desejar outra conduta de nós que aqui estamos.

Marcadores: , , , , ,

0 comentários:

Postar um comentário

Toda reflexão é bem-vinda:

‹ Voltar a Home

Related Posts with Thumbnails