Pular para conteúdo
6.2.09

Chico Xavier: charlatão?

Este artigo não trata de ataque a Chico Xavier, mas sim de sua defesa. O título é para atrair aqueles que pesquisam no google por "textos prontos" (geralmente pelas palavras-chave "Chico Xavier charlatão" ou "Chico Xavier fraude") para poderem atacar a memória de Chico em discussões online. Se era essa a sua intenção, me desculpe, mas lhe convido a refletir um pouco mais sobre a natureza dos ataques gratuítos a Chico - afinal, porque será que ele incomoda tanto?

Segundo a Wikipedia e suas fontes, Chico Xavier psicografou quatrocentos e doze livros. Nunca admitiu ser o autor de nenhuma dessas obras. Reproduzia apenas o que os espíritos lhe ditavam. Por esse motivo, não aceitava o dinheiro arrecadado com a venda de seus livros. Vendeu mais de 20 milhões de exemplares. Cedeu os direitos autorais para organizações espíritas e instituições de caridade, desde o primeiro livro.

Suas obras são publicadas pelo Centro Espírita União, Casa Editora O Clarim, Edicel, Federação Espírita Brasileira, Federação Espírita do Estado de São Paulo, Federação Paulista do Rio Grande do Sul, Fundação Marieta Gaio, Grupo Espírita Emmanuel s/c Editora, Comunhão Espírita Cristã, Instituto de Difusão Espírita, Instituto de Divulgação Espírita André Luiz, Livraria Allan Kardec Editora, Editora Pensamento e União Espírita Mineira.

Apesar disso, o ataque mais comum a Chico parte dos céticos que afirmam que ele era um charlatão em busca de ganhos financeiros: que a renda de seus livros eram doados a instituições sem fins lucrativos, que não pagavam impostos, e lhe retornavam esses lucros em forma de "mimos" e outros auxílios. Vamos então analisar a lógica do ataque:

1- Seus 20 milhões de livros vendidos não eram sequer publicados pela mesma editora, e sim dúzias de editoras diferentes. Eram, portanto, todas parte de um "conxavo secreto" para favorecer os supostos ganhos sem impostos?

2- Os impostos insidem nos livros em si, só não insidem nas desepesas administrativas das editoras. Apesar disso, a maior parte dos livros de Chico é vendida por quantias bem abaixo da média editorial no país. Será mesmo que essa era uma boa estratégia para se obter lucro?

3- Não seria mais fácil para Chico simplesmente ficar com o valor dos direitos autorias de seus livros, desde o início? Muitos autores espíritas vendem milhares de exemplares (alguns, como Zíbia Gasparetto, milhões deles) e mesmo assim "embolsam" os direitos autorais - está perfeitamente de acordo com a lei, que é laica e não reconhece o direito de supostas entidades sobrenaturais (e, mesmo assim, elas não poderiam usar o dinheiro).

4- Porque Chico viveu a vida toda em residência humilde, sustentado por sua aposentadoria, e atendendo pessoas de segunda a sábado sem cobrar nada? Porque não decidiu pelo menos gastar essa "suposta bolada" no fim da vida? Porque, pelo contrário, trabalhou cada vez mais e mais, até o limite, quando seu corpo não podia mais lhe atender? Porque, enfim, não passou o fim da vida desfrutando de sua riqueza, viajando o mundo, quem sabe visitando locais espirituais como Índia ou Nepal?

5- Porque um suposto charlatão recebeu a maior audiência em porcentagem da TV brasileira nos programas Pinga-fogo da TV Tupi em 1971 (maior até do que a da final da copa de 70)? (*)

6- Porque um suposto charlatão concorreu ao prêmio nobel da paz em 1981 e na votação para o Maior Brasileiro da História realizada pela revista Época na internet, obteve 9.966 votos, ou 36% do total, ficando em primeiro lugar? (*)

7- Ainda mesmo que Chico tivesse recebido alguns "mimos" de algumas dessas editoras, seriam então um pequeníssima parte da porcentagem de direitos autorias a que teria direito de qualquer forma - me escapa a lógica do ataque.

Ou seja, um ataque no mínimo absolutamente ilógico. Os céticos tem todo o direito de crerem no que quiserem, mas é interessante que nesse caso se usem de boatos obscuros e supostas entrevistas com ex-coordenadores de centros espíritas que "recebiam todos uma parte da bolada" - ora, ora, caso soubessem procurar em fontes mais sólidas, de prerência na biografia "As Vidas de Chico Xavier" (publicada pelo grupo espanhol Planeta, que não é espírita, e escrita pelo jornalista cético Marcel Souto Maior) ou mesmo nas próprias obras de Chico, que tratam de poesia a história antiga, de espiritualiadade a ciências (de fato, o livro "Mecanismos da Mediunidade" está em linguagem puramente científica) e às vezes também de polêmicas descrições da vida no "plano espiritual" - então talvez tivessem a oportunidade de construir uma opinião mais embasada e, porque não dizer, realmente cética.

Antes que digam que sequer considerei a lógica do ataque, vale retornar a mesma reportagem da revista Época (do link logo acima):

"Nos anos 70, Chico foi acusado de favorecer atores e políticos e deixar de atender as pessoas humildes. Também surgiram denúncias de venda de ingressos para visitas. Até o fim de seus dias, Chico recebeu, todos os sábados, milhares de crentes de todo o Brasil. Primeiro em Pedro Leopoldo, depois em Uberaba, para onde se mudou em 1959, quando já era uma celebridade. Nunca se conseguiu comprovar que o médium soubesse da movimentação financeira em torno de seu nome. Seu filho adotivo, Eurípedes Higino dos Reis, chegou a ser investigado pelo Ministério Público. De acordo com a Federação Espírita Brasileira, os direitos autorais dos livros de Chico Xavier, cedidos em cartório, beneficiam mais de 100 mil famílias. Chico Xavier dizia viver da aposentadoria como escriturário do Ministério da Agricultura."

Ou seja, a consciência de cada um que julgue o que faz sentido, e o que não faz...

***

No "bate-pronto", outros comentários acerca de ataques comuns a Chico Xavier

Chico sofria de auto-engano.
Muitos céticos analisam dessa forma, e devem ser respeitados. Não acho desrespeitoso analisá-lo dessa forma, pois antes reconhecem que foi um homem de bem que praticou a caridade a vida toda - no entanto, falta explicar como um homem humilde do interior de minas, com segundo grau incompleto, escreveu tanto e sobre tantos assuntos diversos. Ainda assim, portanto, um desafio para a psicologia moderna.

Chico era doente mental.
De certa forma, parte do mesmo pressuposto acima, apenas tende a ser mais desrespeitoso o julgamento, afinal, mesmo em sendo doença mental, fica faltando explicar que tipo de doença era essa, que permitia a um homem falar horas em TV ao vivo, para todo um país, e não gaguejar, nem falar algo aparentemente "louco" ou "ilógico" de antemão (ah não ser, claro, para os preconceituosos).

Chico treinava a "escrita-automática" e porisso escrevia tanto.
Bem, decerto ele "treinou" muito então, "treinou" a vida inteira - mas falta explicar como psicografou diversos livros em conjunto com Waldo Vieira, onde um trazia os capítulos pares, e outro os ímpares, separados por quilômetros de distância entre suas respectivas cidades, e no fim o livro fazia total sentido de coerência, sem precisar ser editado na mínima vírgula, aparentemente. Teorias como a "escrita-automática" ou o "quase mítico" Inconsciente Coletivo falham em explicar esse fenômeno em específico, a não ser que postulemos que as informaões ficam "flutuando pelo ar" apenas à espera que os "escritores automáticos" as usem - nesse caso, em que isso diferiria exatamente da lógica espiritualista?

Porque Chico viveu doente? Porque um curandeiro não procura outro curandeiro?
Chico não era curandeiro, nem nunca pretendeu ser. Chico psicografava mensagens escritas em papel, e supostamente recebia influência de seu guia espiritual, Emmanuel, toda vez que ia falar em público (como foi o caso no Pinga-fogo). A lógica das enfermidades de Chico está na "Lei de Cause e Efeito" da doutrina espírita, caso queiram saber.

Gostaria de sugerir um tema. Por que vocês não desmascaram as práticas espíritas de Chico? Adoraria ver seus seguidores humilhados pela ciência. (texto comum em blogs sobre dismistificadores).
Ora, Chico também escrevia sobre ciência! O espiritismo não pretende negar a ciência, mas ir "adiante" onde a ciência tradicional ainda não se atreve a meter o nariz. Segundo o espiritismo, caso a ciência prove experimentalmente algo que vá contra a doutrina espírita, é a doutrina que tem de se adequar a ciência, e não ao contrário. O codificador da doutrina, Kardec, era ele mesmo um homem de ciências. Em tempo: a única "prática espírita" de Chico era a psicografia, e temos diversas áreas da psicologia e parapsicologia para estuda-la. Em relação a hipótese do espírito existir, temos estudos de Experiência de Quase Morte, casos de crianças que se lembram de vidas passadas, terapias de regressão de memória, dentre outros estudos científicos (independente de admitirem ou não a hipótese, a estão estudando de maneira científica e honesta).

Segundo a Bíblia a prática de necromancia é condenada.
Espiritismo não é necromancia, a palavra "espiritismo" foi cunhada por Kardec a menos de 2 séculos e não poderia constar na Bíblia. No mais, fica difícil compreender como Jesus falou com Moisés em uma tenda (Elias foi "arrebatado aos céus", mas Moisés estava "morto" a séculos).

Chico era gay.
Um caso clássico de auto-confissão de preconceito por parte de quem ataca. Não que fizesse alguma diferença, mas ao que tudo indica Chico desencarnou ainda virgem. Além disso, tinha uma posição que agradaria muitos defensores do fim do preconceito para com homossexuais.

***

A resposta habitual de Chico (aos ataques)

"A doutrina é de paz... Emmanuel tem me ensinado a não perder tempo discutindo. Tudo passa... As pessoas pensam o que querem a meu respeito – pensam e falam. Estou apenas tentando cumprir com o meu dever de médium. Companheiros escrevem fazendo insinuações em torno da obra dos espíritos por meu intermédio... O que posso fazer? Estamos numa doutrina de livre opinião. Devo prosseguir trabalhando. O meu compromisso é com os espíritos... Não pretendo ser líder de nada. Estou consciente de que tenho procurado fazer o melhor e sou grato aos nossos Benfeitores por não me terem permitido uma vida inútil. Um dia, nós vamos compreender a necessidade de uma união mais profunda – quando sentirmos ameaçados pelas religiões intolerantes, que estão crescendo muito..."

Jornal O Ideal - Nº 56 - Janeiro de 2000

***

(*) Numa análise mais cética, estes argumentos podem cair na falácia do "apelo a autoridade". Porém, não esqueçamos que o Pinga-fogo de 1971 foi um esforço jornalístico para tentar fazer Chico cair em contradição e/ou "desmascará-lo", e todos sabem que teve o efeito oposto: tornou-o um mito no país. No mais, os outros argumentos não dependem desses para se sustentar.

Este artigo também pode ser visualizado pelo endereço http://tinyurl.com/chicoxavier

Artigo relacionado: Um médium notável

Crédito da foto: Wikipedia

Marcadores: , , , ,

76 comentários:

Blogger raph disse...

Minha intenção com esse post é, principalmente, fazê-lo aparecer em pesquisas do Google.

Se buscarem hoje pelas palavras-chave "chico xavier charlatão" ele já está em oitavo lugar, na primeira página.

O objetivo é fazer com que o pessoal que não conhece nada sobre Chico, mas busca por "provas" que era charlatão, encontre evidências realmente céticas e jornalísticas a seu respeito: ou seja, que demonstrem claramente a verdade, que ele não era charlatão, independente de sofrer de auto-engano, ou de espíritos existirem ou não.

Quem quiser (e puder) me ajudar, se colocarem um link para esse post em seus blogs (principalmente no blogger que é da Google), vão ajudar a que este se encontre cada vez mais próximo ao topo dos resultados nesse tipo de pesquisa.

Obrigado,
raph

8/2/09 20:20  
Anonymous Anônimo disse...

Como fazer um médium charlatão

http://www.youtube.com/watch?v=hzkvXyJecao&feature=related

2/9/09 09:52  
Blogger raph disse...

Em relação ao video postado acima, cito um trecho do meu artigo sobre João de Deus, falando sobre James Randi (famoso dismistificador):

"O problema está no julgar sem saber, como ficou claro nesse caso. Julgar fraude de antemão um fenômeno mal estudado, apenas porque vai contra sua crença (ou descrença). Nesse ponto, o ceticismo de Randi é obviamente falho. Não tiramos seu mérito de dismistificar diversos charlatões pelo mundo, mas lamentamos sua falta de critério para com esse caso em específico."

2/9/09 11:30  
Anonymous Anônimo disse...

Porque alguem com tanto desapego material só usava perfume francês e uma peruca sebenta? é pecado ser careca? E esse seu "filho" que de filho não tinha nada , seu AMANTE , recordista em acidentes de transito muito estranhos por ele causados pela cidade de Uberaba. Todo dia morre um trouxa e nascem dois . Voces do espiritismo são pateticos aproveitadores da dor alheia , aproveitam-se dos momentos de fragilidades das pessoas que perdem entes queridos.Farsante e charlatão , hoje deve estar no garfo do capeta.

30/9/09 15:23  
Blogger raph disse...

Em relação ao comentário acima:

1. Não sou espírita, minha religião é meu pensamento.

2. Vou deixar o comentário publicado pois é um excelente exemplo da mentalidade das pessoas que creem que Chico Xavier era um "aproveitador". Sem comentários: as palavras falam por si mesmas...

30/9/09 18:02  
Blogger raph disse...

Algumas reportagens interessantes no site do filme de Chico Xavier, a ser lançado no Brasil em 02/04/2010:

O Começo - sobre o início das filmagens, incluindo depoimento de Marcel Souto Maior (o filme é inteiramente baseado no livro dele, "As Vidas de Chico Xavier"):

http://www.chicoxavierofilme.com.br/site/?p=1456

Episódio da revista "O Cruzeiro" - como a tentativa de "desmascarar" Chico acabou fazê-lo famoso em todo o país:

http://www.chicoxavierofilme.com.br/site/?p=1504

21/2/10 15:39  
Anonymous Anônimo disse...

É tudo enganação.ONIPOTENTE,ONIPRESENTE,NICIENTE´.Vê tudo, está em todo lugar,sabe tudo e não faz nada.Me mostre o tumulo de um deus e eu vou lá colocar flores.Tão poderosos e estão mortos.Se é que existiram...

28/3/10 06:35  
Blogger raph disse...

Ao autor do comentário acima, recomendo este texto:

http://textosparareflexao.blogspot.com/2009/11/reflexoes-sobre-o-nada-parte-2.html

Lembrando sempre, é claro, que cada um vê Deus (existente ou não) a sua maneira... É como impressão digital: não tem igual.

Abs
raph

29/3/10 11:52  
Anonymous Anônimo disse...

Fiz algumas pesquisas e realmente a conclusão é que CHICO XAVIER éra mesmo homossexual. Minha opinião é que na bíblia é colocado que o homem não deve manter conjunções carnais com ser de um mesmo sexo, porém fala-se também que o Espirito Santo de Deus muda nossos pensamentos e que Deus não faz acepção de pessoa e ainda fala que devemos nos achegar a Jesus assim como nós estamos, afim de conseguir a cura de nossas almas.
Para quem pratica a homossexualidade, que deve fazer?

Primeiro, reconhecer o seu pecado. A Bíblia diz em Salmos 51:2-4 “Lava-me completamente da minha iniqüidade, e purifica-me do meu pecado. Pois eu conheço as minhas transgressões, e o meu pecado está sempre diante de mim.”

Segundo, pedir que o seu pecado seja perdoado. Deus diz que pode começar uma vida nova. A Bíblia diz em Salmos 51:7-12 “Purifica-me com hissopo, e ficarei limpo; lava-me, e ficarei mais alvo do que a neve. Faze-me ouvir júbilo e alegria, para que se regozijem os ossos que esmagaste. Esconde o teu rosto dos meus pecados, e apaga todas as minhas iniqüidades. Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito estável. Não me lances fora da tua presença, e não retire de mim o teu santo Espírito. Restitui-me a alegria da tua salvação, e sustém-me com um espírito voluntário.”

Terceiro, acreditar que Deus lhe perdoou deveras e parar de se sentir culpado. A Bíblia diz em Salmos 32:1-6 “Bem-aventurado aquele cuja transgressão é perdoada, e cujo pecado é coberto. Bem-aventurado o homem a quem o Senhor não atribui a iniqüidade, e em cujo espírito não há dolo. Enquanto guardei silêncio, consumiram-se os meus ossos pelo meu bramido durante o dia todo. Porque de dia e de noite a tua mão pesava sobre mim; o meu humor se tornou em sequidão de estio. Confessei-te o meu pecado, e a minha iniqüidade não encobri. Disse eu: Confessarei ao Senhor as minhas transgressões; e tu perdoaste a culpa do meu pecado. Pelo que todo aquele é piedoso ore a ti, a tempo de te poder achar; no trasbordar de muitas águas, estas e ele não chegarão.”

2/4/10 11:12  
Blogger raph disse...

"Algumas pesquisas" não é evidência suficiente para a afirmativa. Neste artigo cito a Wikipedia (e suas fontes) e a biografia de Chico, escrita pelo jornalista cético Marcel Souto Maior, que deu origem ao filme lançado hoje (dirigido por Daniel Filho, que além de cético é ateu). Ao que consta Chico foi virgem a vida toda, e o episódio em que seu pai o leva a uma casa de prostituição e todos se supreendem quando ele "incita" as prostitutas a rezarem o pai nosso junto com ele é verídico (pelo menos tem inúmeras testemunhas ainda vivas).

Em todo caso, esta era a opinião de Chico sobre a homossexualidade:

http://www.youtube.com/watch?v=tb8LmH5ep7Y

Abs
raph

2/4/10 22:39  
Blogger Isabele do Valle disse...

Me assustei com comentarios do tal anonimo, não tem oragem de mostrar quem realmente é. coitado tenho pena dele...

É dificil agradar a gregos e troianos é dificil agradar a todos, afinal nem Jesus conseguiu...

Gosto de Chico Xavier, e infelizmente fico com pena do senhor ou senhora que disse todas essas coisas ruins, a troco de que?

Plante o mal e colherás o mal...

Eu como espirita e como ser humano prefiro plantar o bem e colher o bem, mas claro, sempre haverão pessoas que ferem nossos corações por querermos o bem...

Se Jesus, Chico xavier(eles nao sao os mesmos e nem estou querendo que sejam), mas se eles tiveram pessoas q os odiaram por eles terem feito o BEM, entao nao sei mais o que poderia ser feito por essas pessoas que condenam o bem que adoram inventar injurias e falso testemunho a respeito de almas tao boas...

espero que Deus tenha misericordia de palavras tao rudes e mesquinhas que o suporto anonimo falou..

Isso me entristeceu muito, mas fazer o que? :/ por isso estamos no mundo que estamos, aonde o BEM é condenado e julgado como mau?



Nem perdi meu tempo lendo o resto dos comentarios MALDOSOS que o ANONIMO disse, isso só serve pra ns dar dor no coração e tristeza, afinal quem faz coisa ruim atrai coisa ruim, eu prefiro me manter longe de pessoas como esse anonimo que gosta de FAZER e DIZER coisas ruin... :/

Sem +...

3/4/10 18:07  
Blogger Isabele do Valle disse...

Pq DIZEM tantas coisas ruins sobre uma pessoa tão boa? PQ sao os primeiros a jogar pedras em um ser tao iluminado que nunca fez MAU a VOCÊS?


PQ MEU DEUS? PQ EXISTEM PESSOAS TAO MESQUINHAS E RUINS? :/

PQ? Mais uma vez me decepcionando com a preferencia de algumas pessoas pelo lado ruim das coisas...


Muito triste com eses anonimos que nao conseguem dar a cara a tapa, medo?

Nao se preocupem, espiritas nao gostam de coisas ruins como vocês!

:/

TRISTE E LAMENTAVEL



O pior de tudo: Chico homem HOMOSSEXUAL? Nossa gente, e os padres que comem criancinhas?(nao todos, mas alguns) E os pastores que roubam no senado que tem videos provando?

Quer dizer entao que se vc tiver um filho e ser SOLTEIRO significa q vc é GAY?

Nao vou mais perder meu tempo aqui :/ muito triste tudo isso, essas palavras RUINS de pessoas MALDOSAS soh estao servindo pra me deixar TRISTE!

Que Deus ilumine o caminho de vocês e mostre que o mundo é muito maior do que o que vcs julgam, olhem pro proprio umbigo e julguem a si proprios!

:/ (duvido que sao felizes sendo tao maldosos)

3/4/10 18:13  
Blogger raph disse...

Cara Isabele, somente para esclarecer: todos que postam sem se identificar são chamados de "Anônimo", sendo que os comentários acima não necessariamente são da mesma pessoa. Identifiquei pelo menos um ateu e um provável "evangélico" entre os Anônimos. Mantive esses comentários inclusive por demonstrarem os tipos de ataques mais comuns ao Chico... Que cada um julgue se são ou não válidos :)

Abs
raph

3/4/10 23:57  
Anonymous Anônimo disse...

Não tenho dúvidas sobre o PODER DE CURA de Chico Xavier.

Quando tinha por volta de 10-12 anos, meu nariz sangrava sem motivo algum durante a noite. Procurei médicos e fiz exames, que nada constataram de anormal. Minha mãe ficou sabendo na época que Chico Xavier prescrevia medicamentos através de cartas que deveriam ser escritas de próprio punho pela pessoa que tivesse qualquer tipo de problema de saúde.

Assim o fiz, escrevendo apenas, com minha letrinha infantil, meu nome completo, data de nascimento e idade. NADA MAIS.

Enviei pelo Correio com outro envelope já endereçado e selado para resposta. Em menos de 15 dias, recebi uma carta, uma espécie de receita médica, com 1 medicamento (não lembro agora o nome) e 1 vitamina. Fomos à farmácia e lemos a bula. BINGO! Era exatamente o que eu precisava: algo que tinha a ver com o tal sangramento, com problema de coagulação..

Perdoem-me por não lembrar de todos os detalhes. Eu era criança e isso já faz mais de 20 anos.

Só me lembro que fiquei realmente impressionada por não ter escrito NADA sobre o problema que tinha e não ter estado na presença dele para recerb esta cura.

Sou muito grata a Chico Xavier e a todos que trabalharam com ele e faziam ser possível atender a tantas pessoas, de formas diversas, por tanto tempo. Mesmo doente, fraco.. ainda assim se doava aos outros cumprindo sua missão nesta vida.

Qualquer outro comentário a respeito de sua personalidade é pura falta de foco pra não se olhar para a verdade.

Obrigada por esta reflexão.

Daniela Assunção

5/4/10 14:31  
Anonymous Anônimo disse...

Parabéns, ótima matéria.
Eu particularmente tenho perdido minha vontade de abrir olhos.
Falo pouco, aos poucos, aos que ainda ouvem e refletem.
Infelizmente estamos em meio a um mar de bestas instintivas que cospem o pão exigindo carne e sangue.

Humanos são raros.

Reluto em não sentir pena, afinal a cada véu que cair (e o véu cai!), se verão sufocados com o peso da própria lingua.

Não desejo isso a ninguém, mas luto pelos Humanos, pelos Homens... e estes, hoje, são raros.

5/4/10 15:40  
Blogger raph disse...

Cara Daniela,

O que disse a seguir se casa perfeitamente com o que sabemos sobre o Chico:

"Em menos de 15 dias, recebi uma carta, uma espécie de receita médica, com 1 medicamento (não lembro agora o nome) e 1 vitamina. Fomos à farmácia e lemos a bula. BINGO! Era exatamente o que eu precisava: algo que tinha a ver com o tal sangramento, com problema de coagulação.."

Ou seja, não é que ele tenha "poder de cura" ou seja "curandeiro", mas que sua facilidade de comunicação com os espíritos (muitos deles médicos) possibilita que atue como uma espécie de médico no sentido de emitir o diagnóstico.

Mas ele sempre defendeu a medicina tradicional, e consta que não recomendava as cirurgias mediúnicas (mas com cortes físicos) do médium Arigó (Dr. Fritz). Ou seja, se é que a medicina de Chico era espiritual, era uma medicina complementar e entusiasta da medicina tradicional.

Mas não era de "perseguir" ninguém, tanto que incentivou um jovem João de Deus a prosseguir nas suas práticas mediúnicas (embora não concordasse com cirurgias físicas praticadas por médiuns).

Abs
raph

5/4/10 17:44  
Blogger raph disse...

"Parabéns, ótima matéria."

Obrigado. A pessoa de Chico praticamente exige esse tipo de defesa (pelo menos de quem o conheceu ou conhece).

"Eu particularmente tenho perdido minha vontade de abrir olhos."

Isso vem com o tempo. Melhor deixar que eles se abram por conta própria... O máximo que podemos fazer é falar sobre as belezas expostas a quem tem olhos para enxergar, mas não poderemos nunca obrigar ninguém a abrir os olhos!

Abs
raph

5/4/10 17:47  
Anonymous Anônimo disse...

Ola , Meu nome é Ademir, não sou ateu, mas não de nenhuma religião.

Li todos os comentários acima e identifiquei uma leve "guerra fria" entre os que acreditam e os que não acreditam.

Alguns pontos precisam ficar bem claro.

1- o grande sucesso de Chico Xavier esta atrelado a curiosidade das pessoas sobre a morte.

2- a história dele é muito rica e complexa, da para fazer uns 20 livros defendendo e 20 atacando.

3- sendo bem racional (ateu) , "em casa que não tem pão, todo mundo briga e ninguem tem razão" ninguem tem certeza absoluta da verdade, tanto sobre Chico , tanto quanto a morte, só saberemos o dia que chegar nossa hora.

Resumindo, na minha humilde opinião, é besteria querer impor vossas teoria.

um abraço a todos

6/4/10 23:17  
Blogger raph disse...

"Resumindo, na minha humilde opinião, é besteria querer impor vossas teoria."

Me parece que você não compreendeu o objetivo deste artigo:

1- Não quero impor teoria alguma, nem que espíritos existem, nem mesmo que Deus existe.

2- Quero somente defender Chico Xavier da acusação de charlatão, ou seja, que ele supostamente enganava as pessoas para obter alguma espécie de lucro. Se ler o artigo com calma, verá que fica muito, muito difícil sustentar essa acusação contra ele.

Abs
raph

7/4/10 00:52  
Blogger Felipe disse...

Ah! Mas sempre vejo algum Anônimo disposto a perder tempo (dele e de outras pessoas) com essas discussões e acusações. O fanatismo religioso assim é ainda mais triste quando apoiado pela "bengala bíblica", que dá uma falsa segurança à respeito destes desrespeitos.
Falam tanto estes pastores e padres! E até mesmo o papa e todas as outras classes religiosas, se estes fizessem pelo menos metade da obra de caridade que o Chico fez, o mundo estaria sem tanta dor, fome, desespero e escuridão. Mas não vemos nada disso.

7/4/10 13:47  
Blogger raph disse...

Uma bela análise do filme recém-lançado de Chico Xavier, totalmente baseado no livro que cito neste artigo - "As Vidas de Chico Xavier":

http://www.saindodamatrix.com.br/archives/2010/04/chico_xavier_o.html

O artigo (do blog Saindo da Matrix, que também recomendamos em nossos links) inclusive referencia este artigo, e cita o comentário da Daniela Assunção acima.

Abs
raph

7/4/10 15:15  
Anonymous Amleto disse...

"É pelos frutos que se conhece a árvore".

Sem considerar os livros publicados, podemos observar os "frutos" da vida de Chico Xavier na forma de amor ao próximo....

e podemos observar os "frutos" de pessoas que, tudo o que podem realizar, são ataques ofensivos como alguns observados acima.

Eu pessoalmente prefiro o amor.

8/4/10 21:58  
Anonymous Maria disse...

esse tal anonimo é quem ?
será que ele é o Hitler ? ohh
se chico foi isso ou aquilo não importa, o importante foi o q ele fez e ninguem faz, ajudar o proximo, fazer a caridade,e ah principalmente teve uma coisa q ele nunca fez JULGAR O PROXIMO, ANTES DE JULGAR REFLITA!!!!
E POR FAVOR PARE COM ESSAS ASNEIRAS, E MOSTRA A SUA CARA ANONIMO, POR QUE ISSO E COISA DE COVARDE!!!

8/4/10 22:18  
Blogger raph disse...

Este artigo vem recebendo muitas visitas, algumas delas de céticos a quem respeito, portanto gostaria de me adiantar a uma análise dos argumentos apresentados na primeira defesa, em relação a acusação de Chico hipotéticamente ser um enganador consciente das pessoas, e não alguém que sofre de auto-engano ou um médium genuíno (admitir a possibilidade da meduinidade e existência de espíritos):

Dos 7 argumentos em sua defesa, admito que os itens 5 e 6 são um "apelo a autoridade", o restante continua sendo bem válido.

Sobre as defesas de "bate-pronto", acredito que estejam razoavelmente bem fundamentadas, mas admito que coloquei ali alguns "alfinetes" para os céticos :)

Abs
raph

9/4/10 10:18  
Anonymous Anônimo disse...

Retrógados alienados...

Adoram erguer ídolos...

Preguiçosos...

10/4/10 10:26  
Blogger raph disse...

Ao Anônimo acima:

Quem faz caridade é preguiçoso?

10/4/10 18:34  
Blogger raony_ disse...

Felipe leia o O livro do Leonardo Boff "Fundamentalismo" vai ajudar ao seu argumento

10/4/10 22:34  
Anonymous Anônimo disse...

Realmente é lamentável ver como existem pessoas ingênuas neste mundo . O que é triste é que esse falso médium Chico Xavier , especialista em leitura fria e capaz das técnicas mais ardilosas para ludibriar pessoas fragilizadas pelas perdas de parentes . Eu faço uma pergunta , vcs espiritas metidos a utilizar a palavra de Jesus , se esqueçem que ele disse para deixarmos os mortos EM PAZ ? O proprio Jesus disse para deixarmos os mortos em PAZ mas vcs se acham acima do que recomendou Jesus??? Outra coisa engraçada , quer dizer que o cidadão psicografava em portugues mas o espirito "falava " com ele em LATIM! Ora , porque não escreve então em LATIM , que maravilhoso conversor é este que traduz automaticamente tudo sem que o "medium" saiba o idioma? Esse Chico era um fanfarrão mesmo , profissional em enganar os trouxas com a ajuda do seu filhinho amante.Engraçado que o desapego espirita do herdeiro dele é tão grande que o cara só anda de mercedes e gosta de carros importados. Grande desapego material.Não é a toa que essa instituição comandada por ele está sob investigação do ministério publico por mau uso de verbas . ISSO NINGUEM DIVULGA por que os ESPIRITAS XIITAS poderiam retaliar , como fazem com qualquer um com um minimo de bom senso que perceba a charlatanice desse senhor e sua turma de bonzinhos.
Continuem nesse mundinho de ilusão de vocês , é muito mais fácil por a culpa dos problemas e desgraças da vida nos ESPIRITOS do que na própria incompetencia e mediocridade.Um forte abraço , eu tenho mesmo muita pena de vcs.

6/5/10 11:16  
Blogger raph disse...

Ao "Anônimo" que comentou imediatamente acima:

"Um forte abraço , eu tenho mesmo muita pena de vcs."

Pena não serve de nada, caridade sim.

"O proprio Jesus disse para deixarmos os mortos em PAZ mas vcs se acham acima do que recomendou Jesus?"

Com quem Jesus falou em uma tenda? Ora, Elias pode ter sido "arrebatado aos céus", mas Moisés estava morto há muito tempo...

***

No mais, falar por falar é fácil. Se tem algo contra a conduta de Chico ou da FEB, vá a justiça provar... Até hoje falaram muito, provaram nada.

Essa "teoria da conspiração" de que "os espíritas" comandam a justiça e a mídia é fantasiosa. Falam sobre o que não sabem, e no mínimo apenas divulgam o espiritismo aos quatro ventos - da forma errada, mas divulgam de qualquer jeito...

Eu me divirto com esses comentários. Sério mesmo :)

Abs
raph

6/5/10 16:18  
Blogger raph disse...

Gostaria de lembrar que comentários com ofensas pessoais - no lugar de argumentos - serão simplesmente deletados. Principalmente vindos de quem sequer se identifica...

Abs
raph

8/5/10 00:24  
Anonymous Dio Jonas disse...

_noto que as pessoas que não acreditam em Chico xavier usam de um vocabulo bastante complexo para se expressarem! Então nem adianta eu tentar me equiparar a esse nível , uma vez que minha escrita é simples, porém objetiva!
Para ser sincero jah pensei em ser epíritas , mas como todas as religiões as quais jah pertencí encontrei pontos negativos ! Porém os pontos positivos foram bem maiores! O fato é que jamais teremos a certeza de qual religião é a certa a se seguir!Por enquanto fico com a minha (que eu criei , um elo entre eu e meu pai) ! Aos Evangélicos posso dizer que tenho certeza que essa não é de fato a religião mais certa? Pq? Pq Deus gosta de pessoas Humildes e até hj não encontrei um evangélico que praticasse a humildade! Querem impor sua religião como "A melhor e mais certa" E em seus sermões faltam dizer : Nós vamos para o céu e vcs para o inferno! Acho que ninguem nesse mundo está apto a ir para o céu , sorte nossa qUe Deus é amor e perdão! Ah essa opnião vale tanto para evangelicos quanto para os testemunhas de jeová! Jah os católicos que se dizem mais liberaris para mim são hipócritas que sustentam o luxo das igrejas e fecham os olhos para o povo que passa fome! Eu sei que existem muitas missões que ajudam pessoas pobres , mas se de fato o dinheiro fosse investido mais nas ações menos em obras exuberantes e luxuosas haveria bem menos gente passando fome! na minha cidade o padre da minha paróquia tem dois carros do ano! Um para passeio e outro para ir para igreja !éh mole?
Eu sei que talvez eu esteja indo pelo caminho errado e jah me conformei que jamais saberei da verdade , mas sei que tento fazer o certo e discordo até de certas partes da bíblia (afinal como vou saber se ela tbm não passa de uma mentira? eu não ví ninguem escrevendo) Bom só sei que de cada religião absorvo o que acho sensato (não só o que me convem como muitos estão pensando)E dessas idéias crio a minha própria religião talvez um Diojonimso! Mas O que quero dizer voltando ao assunto do Chico é que sempre haverá quem jogue pedras ! Não importa o quão boa a pessoa foi! Acredito que independente da religião de Chico ou se ele era ou não charlatão ou Gay como ví em alguns sites , ele foi uma pessoa que ajudou o próximo e fez a diferença na vida das pessoas! Gostaria que o mundo fosse passífico como ele! Quem me dera se os pecados do mundo fossem os pecados de Chico , com certeza estariamos bem melhor!
Eu sinceramente não sei se o que acabo de postar é uma grande bobagem ou se pareceu fingido ou maquiado! O fato é que deixo uma mensagem que gostariam que todos a refletissem! Atualmente é meu único mandamento: Nada aproxima mais o homem de Deus , do que amar ao próximo como a sí mesmo! Um abraço a todos ! perdoem os erros ortográficos , mas na net vale tudo! E desculpem se ofendi alguem!

13/5/10 02:09  
Blogger raph disse...

Dio, obrigado pelo depoimento.

Eu tembém tenho minha própria religião, já que minha religião é meu pensamento, minha vida é minha bíblia, minha igreja é meu coração e Deus é nosso amor.

Mas não esqueçamos do amor... Não é porque jogam pedras que devemos jogar de volta. Eu estou aqui apenas defendendo que Chico nunca foi charlatão - independente de espíritos existirem ou não - pois doou toda a vida e toda a vendagem de seus livros a caridade.

Agora, a ignorância dos que atacam fica evidente na própria lógica de seu ataque. Deixem que falem por si mesmos.

Abs
raph

13/5/10 09:58  
Blogger ArkAngel disse...

Bom dia a todos.

Lembrem-se de que todos nós somos filhos de Deus, e que de uma maneira ou outra, o caminho do homem é sempre em frente, ou seja, nós evoluimos sempre, e na pior das hipóteses, permanecemos estacionados. Isto é uma lei de nossas vidas.

Toda obra divina é perfeita, muitas vezes nossas capacidades intelectuais não são suficientes para abarcar o porquê de tal ou qual coisa ser da maneira que é.

Por isso, muitas coisas ou acontecimentos que à primeira vista nos parecem ruins ou sem sentido, se vistas de uma dimensão maior, farão perfeitamente sentido.

No caminho para uma compreensão maior do sentido da vida e de nossas missões, os opositores e inimigos são necessários. Vejam bem, digo "inimigos" num sentido figurado, eles apenas são representantes da dualidade da vida neste planeta. Não há bem sem o mal, frio sem calor, tudo é apenas relativo. Afinal de contas, quem pode determinar onde um termina e o outro começa? Onde acaba a escuridão e começa a luz? Onde termina o mal e começa o bem? São apenas aspectos de nosso nível de consciência nesta dimensão.

Numa visão mais profunda, os opositores e inimigos são necessários, pois de uma maneira ou outra eles não se preocupam em nos agradar, e nessas atitudes, muitas vezes são mais sinceros e nos mostram uma visão mais real de quem realmente somos, justamente porque não tem nenhum interesse em nos agradar, ao contrário do que geralmente acontece com nossos amigos.

Portanto, as opiniões daqueles que não crêem no espiritismo são altamente necessárias à formação e cristalização em nós mesmos de nossas próprias convicções, logicamente apoiadas em nosso discernimento e racionalismo.

O que vejo é que muitos confundem racionalismo com materialismo. Podemos ser racionais sem sermos materialistas. A matéria não é conflitante com o espírito, muito pelo contrário, são complementares. Como disse no parágrafo anterior, onde um começa e o outro termina?

Apenas o que existem são realidades visíveis, aquelas percebidas pelos nossos sentidos físicos, e as realidades invisíveis, aquelas que sabemos existir, mas naõ percebemos fisicamente.

Alguém duvida que o sentimento de saudade, por exemplo, exista? Mas se tentamos provar a existência da mesma, não conseguiremos. Não conseguimos provar materialmente nada daquilo que pertença à classe da realidade invisível, justamente porque não dispomos de instrumentos necessários! Como medir a luz usando uma régua?

Por isso, digo que as discussões aqui apresentadas são necessárias, pois sem confrontos não teremos certeza a respeito de nossas próprias opiniões. Fico feliz também porque só o fato de estar havendo uma discussão, pressupõe-se que esteja havendo trabalho intelectual, que de uma maneira ou outra, muitas vezes por caminhos tortos e inimagináveis, um dia nos levarão a uma compreensão maior da vida.

Um abraço a todos.

21/8/10 12:15  
Blogger raph disse...

ArkAngel, obrigado pelo longo e extremamente lúcido comentário...

Certamente, pedras que se chocam podem tirar lascas umas das outras, mas há algumas que produzem faíscas, e desse fogo sagrado advém boa parte da evolução dos seres.

Assim como a escuridão é apenas a ausência da luz, a ignorância é apenas a ausência da sabedoria e do conhecimento.

É preciso refutar e/ou evitar discussões onde só existem ataques gratuítos e/ou dogmáticos - porém, também é preciso compreender que aqui cada ser está em seu próprio estágio de evolução. Incuindo nós mesmos.

Quem julga quem está com a razão? Pois é, o melhor é considerar todas as opções, e na medida do possível amar todos os seres - cada vez mais, sempre a frente...

Alegria!
raph

21/8/10 14:15  
Blogger B disse...

Me explique o que mostra esse site?

http://www.averdadesejadita.com.br/?p=66

13/9/10 10:27  
Blogger raph disse...

Oi B,

Em resumo: muito provavelmente uma fraude da "médium" em questão. Entretando, o envolvimento de Chico foi "armado" pela Revista Cruzeiro, aproveitando-se de sua ingenuidade e o convidando para as sessões... Tudo isso é extensivamente explicado no livro do jornalista CÉTICO e ATEU, Marcel Souto Maior - "As vidas de Chico Xavier" -, que deu origem ao filme "Chico Xavier".

Também remeto a meu outro artigo sobre Chico, e ao comentário que fiz nele...

O artigo é "Um médium notável" (em 2 partes):

http://textosparareflexao.blogspot.com/2010/04/um-medium-notavel-parte-1.html

***

Já o comentário que fiz na parte 2 trata do mesmo questionamento, respondendo ao outro comentário...

Bem acredito que esteja se referindo ao artigo abaixo:

http://www.ceticismoaberto.com/paranormal/3417/chico-xavier-e-a-fraude-de-otlia-diogo-a-irm-josefa

Sobre o artigo, concordo plenamente com o que defende no contexto do penúltimo parágrafo:

"Todas estas dúvidas e questionamentos, todo este ceticismo pode e deve ser levantado por qualquer pessoa, espírita, cristã ou atéia, que avalie a evidência e as alegações em questão. Não se pode negar que é um ceticismo saudável. No mínimo, as supostas evidências dos fenômenos de materialização em questão são [...] duvidosas e de forma alguma comprovam sua veracidade."

Apenas omitiria o "mais do que" antes de "duvidosas", pois é uma forma de influenciar o leitor (e ceticismo não é marketing nem política nem ideologia).

Já o site "Saindo da Matrix" tem uma análise mais aprofundada do fenômeno:

http://www.saindodamatrix.com.br/archives/2006/07/materializacao.html

***

E finalmente, conforme eu já disse no meu artigo acima (na parte 1):

"Se são fraudulentas ou não, não vem ao caso comentar, pois não quero aqui convencer ninguém de realidade ou irrealidade da existência de espíritos e/ou materializações. Mas é necessário notar que tais episódios que (bem ou mal) exporam Chico ao ridículo da mídia da época foram cuidadosamente orquestrados (novamente) pelos “jornalistas” da Revista Cruzeiro [4]. A lição que ficou do episódio foi prontamente assimilada por Chico, tanto que se afastou da mídia por anos, até o retorno triunfal no Pinga-Fogo de 1971. Fossem as materializações reais ou não, o espiritismo não se presta a esse tipo de espetáculo. É uma doutrina de reforma íntima, de autoconhecimento, de caridade, não de shows de materialização. “Lição aprendida meu caro Emmanuel”!"

Abs
raph

13/9/10 11:48  
Anonymous Anônimo disse...

eu acho que a maior parte das pessoas tem o coração cheio de maldades,só veem impureza aonde não existe...porque elas são impuras.eu acredito que Chico foi um homem honesto,bom e puro...tanto na alma,como no corpo.
O próprio Jesus foi chamado de charlatão.Eu sou evangélica e durante muitos anos preguei o evangelho e ajudei muitas pessoas.Fazer o bem,como Chico fez é muito difícil,porque infelizmente as pessoas não acreditam mais no bem.eu tambem fui desacreditada e sei o que é passar por isso.Amava o Chico e espero um dia encontrá-lo no ceu,pois,só quem pode julgar é Deus.Eu tenho certeza de que ele não foi um charlatão...mas, sim, um homem muito humilde e bom.A sua humildade me encantava.Dificilmente,haverá outra pessoa assim.

28/1/11 04:47  
Anonymous Anônimo disse...

ah, e outra, esse negócio de dizer que toda pessoa solteira que não teve filho é homossexual é calúnia,viu? eu sou solteira,não tive filhos e, no entanto não sou homossexual...além do mais não tenho vida sexual ativa...por opção.que coisa desagradável dizer que o Chico era gay.geralmente, toda pessoa que tem um trabalho religioso grande,não é recomendável constituir família,por causa que esta pessoa p/ cumprir o seu trabalho vai ter que desapegar de muitas coisas...o próprio Apóstolo são Paulo ensina isto no livro de Coríntians.que aqueles que fizessem um trabalho p/ DEUS seriam melhor que não casassem afim de que as tribulações que passassem no casamento NÃO impedissem a obra de Deus.Com certeza Chico optou pelo celibato p/ ficar mais livre afim de realizar sua missão.Essas pessoas que falam que todo solteiro é homossexual são pessoas cheias de maldades e preconceitos.existe tanta gente que é homossexual e está casada e além do mais não devemos discriminar quem quer que seja,nem mesmo os homossexuais.devemos amar a todos.FALO E, CONTINUO AFIRMANDO:CHICO NÃO ERA CHARLATÃO E SIM, UM HOMEM HONESTO,BOM E PURO.

28/1/11 05:15  
Blogger raph disse...

Fico sempre muito satisfeito em ver evangélicos defendendo Chico. Esses, por não crerem obviamente na reencarnação, automaticamente analisam Chico puramente por suas qualidades morais e seu extensivo trabalho de caridade. Ou seja, podem não crer no que ele crê, mas defendem sua obra de amor. Isso é ser um religioso ou religiosa de verdade.

Abs
raph

28/1/11 09:55  
Anonymous SUELI disse...

suely
Lamentavel o que li com as postagem de pessoas aqui que não se identificaram...É por isso que o nosso mundo esta como esta, e com as coisas absurdas que estão acontecendo no mundo de hoje..
Se Assassinos, Pedófilos, Estrupadores, Ladrões ,Mãe que joga filho no lixo,Pais que mata filhos,Filhos que mata pais,Crianças morrendo de fome,etc..etc..Se tivese um pouquinho somente um pouquinho de amor no coração como FRANCISCO XAVIER confesso que o mundo seria um pouco menos doloroso e não teriamos que ver tudo isso que esta acontecendo hoje...O que falta hoje é o que Francisco Xavier sempre tentou mostrar pro mundo a falta de Amor,Perdão,Paz,Respeito,entre os seres humanos isso é o que tem hoje e vai ficar pior...
Quanto a mediunidade de Francisco Xavier ele foi e sera eternamente unico ninguém jamais tera no mundo outra pessoa como ele jamais..
Muitas familias com seus corações dilaserados pela dor de perder um ente querido que procurava ele pra ter uma palavra,um contato que seja,um conforto,isso ja é algo louvavel que se doava todo o seu tempo a praticar o AMOR...
Eu acredito em DEUS somente mais o ser humano FRANCISCO XAVIER pra mim foi e sera um homem de exemplo verdadeiro inconstetavel do que é AMOR AO PRÓXIMO..Pra mim e pra muitas outras pessoas sera um exemplo...Parabéns ao dono deste blogger isso mostra que vc também é do lado do amor ao próximo é isso que mais precisamos hoje neste mundo violento que vc continue assim e que outras pessoas não julguém ninguém porque até JESUS não agradou a todos quem somos nós pra julgar pra mim o mais importante foi o AMOR que ele dedicou de coração a todos que lhe procurava e que fez muito até os ultimos dias de sua vida...PRATIQUE O BEM E AME O PRÓXIMO COMO A TI MESMO...ABRAÇOS A TODOS

13/2/11 17:53  
Anonymous Anônimo disse...

Parabéns pelo blog. Chico foi e sempre será Chico, isso numa linguagem simples diz tudo...

28/12/11 16:39  
Anonymous rafael silva daniel disse...

aa nunca fui espirita oficial sabe? na verdade nunca tive uma religião especifica, sempre acreditei em deus pela harmonia na natureza e o proposito das coisas

e ultimamente até me bateu um terrivel desespero em imaginar "e se nada tivesse proposito, e se fosse tudo fruto do acaso?" mas enfim o que eu queria dizer mesmo

espiritas são pessoas iluminadas, ou pelos espiritos acima ou pelo menos pelo amor ao proximo

moro em belo horizonte, minha mãe veio do interior, ela trabalhava com faxina na casa de uma senhora, só dava pra comer mesmo

ai ela me teve, ela teve que arrumar outro emprego e alugar uma casa, como não tinha com quem me deixar falaram pra ela sobre uma creche espirita no bairro salgado filho, acho que chamava creche espirita esperança, eu era muito pequeno não lembro

mas enfim, nunca fui tão bem tratado em toda a minha vida, fui educado, tinha comida da melhor qualidade, ficava lá de 7 da manha as 17 da tarde, recebia apoio pediatrico, odontologico, tudo isso na propria creche, apoio dado por profissionais que tambem eram espiritas e faziam isso pelo ensinamento de compartilhar e amar

eu paguei alguma coisa pra passar esse tempo lá? não, na verdade todo mês eles doavam 1 cesta basica pra cada familia da comunidade que fosse procurar a creche, e lá era grande, devia atender coisa de 800 crianças (e suas familias)

as roupas que eu e minha mãe usamos dos meus 4 a aos 8 anos eram todas doadas por lá, todo sábado de manha voluntarios passavam pelas casas das familias do bairro perguntando se eles não tinham algum mantimento que poderiam doar, algo que não fosse fazer falta, qualquer coisa, chamavam isso de "campanha do kilo" acho que ainda existe até, dai vem os mantimentos das cestas basicas, o que sobra a um ajudaria muito a outro

quando fiz 18 anos tive um tumor maligno no testiculo, nem os exames eu consegui pelo sus porque a especialidade urologia é meio rara entre os profissionais de medicina e mais uma vez uma dos amigos espiritas da minha mãe (Enfermeira) procurou um colega, o Dr Walter, tambem espirita (não digo um desses que praticam cirurgias espirituais, ele é um urologista de profissão) e perguntou se ele podia me ajudar em alguma coisa, ele me chamou pra ir a seu consultorio particular, ele cobrou 150 reais pela consulta, burocracia da rede de hospitais a qual ele era consorciado, mas ai ele manipulou uma série de regras e buroracias da medicina pra me encaminhar pro instituto mario pena (não tenho certeza, mas acho que eles tambem são espiritas) uma instituição hospitalar particular/filantropica.. onde mais uma vez NUNCA FUI TÃO BEM TRATADO EM TODA A MINHA VIDA, fiz quimio terapia por 1 ano lá, sem pagar um centavo e eles ainda me davam as passagens de onibus pra ir até lá.. 80 reais por mês, eles me ofereciam apoio psicologico a mim e a minha familia, os funcionarios de lá eram como uma grande familia, lá não existe burocracia, digo uma vez minha mãe se confundiu ao marcar uma sessão de quimio terapia geralmente isso te faz perder a semana por questões de tabela de agendamento, quando nós falamos "a ok, se não dá não dá, voltamos semana que vem" a secretaria disse "calmaa, agente da um jeito nisso" e me colocou dividindo o sofá com outra paciente.. isso pra mim é prioridade a vida sempre

nessa epoca tambem, esses amigos espiritas da minha mãe iam sempre pros centros e pediam que nas sessões lá oracem por mim

booom to curado hoje, eu e minha mãe somos pessoas humildes, o que quero dizer é POR TODO O APOIO QUE RECEBI durante toda a minha vida de pessoas que seguem essa doutrina, nunca vou sequer pensar em charlatanismo da parte deles, talvez pessoas que queiram acreditar em algo melhor mas é desprezivel acusar essas pessoas sem avaliarem os seus trabalhos

2/3/12 08:08  
Anonymous rafael silva daniel disse...

outra coisa, essa familia, da amiga enfermeira, da mulher que indicou a minha mãe a creche, e das pessoas que pediam para orarem por mim todos os anos no carnaval promovem um retiro de jovens, evangelhização aos sabados onde as crianças recebem cuidados, educação, se alimentam bem, são vacinadas, promovem um festival de estrognofe comunitario não lembro bem em qual epoca do ano, senhoras aposentadas se reuinem pra costurar enchovais pra bebes orando feito com o maior carinho do mundo pra familias que precisavam, falando nisso minha tia no interior esta gravida e essa amiga da minha mãe quando ficou sabendo ligou uns dias atrás oferecendo pra minha mãe ir buscar um enchoval pra ela e mandar pra cidade da minha tia


então sei lá, acho que o que eu queria dizer era só pras pessoas quando tiverem a chance de acusar alguem de alguma coisa ou ajudar alguem que precisa SEJA LÁ COMO FOR pegue a segunda opção

2/3/12 08:11  
Blogger raph disse...

Rafael, obrigado pelo seu extenso e emocionante comentário, que sei que foi feito de coração aberto.

O que muitos que são céticos quanto a existência de espíritos devem entender é que a grande maioria dos médiuns e espíritas são pessoas realmente caridosas, que querem ajudar e, independente de espíritos existirem, o importante é que elas acreditam neles e, se dessa sua crença, o resultado é toda esta caridade, todo esse amor, que os julguemos por sua obra, e não por suas crenças.

É claro que existem charlatões, inclusive charlatões espíritas, mas Chico Xavier e inúmeros outros jamais poderiam se enquadrar nesse tipo de julgamento apressado, e absolutamente injusto. A sua história de vida, Rafael, é apenas mais uma dentre tantas outras que atestam isso.

Abs!
raph

2/3/12 12:13  
Blogger Jessica disse...

espiritismo nada tem a ver com cristianismo,O povo deIsrael era o pov de Deus e condenava os praticantes de invocação aos mortos e adoradores de imagens de escultura.por sso meus bens Chico Xavier podia ser oque for menos cristão!!!!

27/3/12 07:51  
Blogger raph disse...

Jessica, eles condenavam a necromancia que, embora não saibamos hoje exatamente do que se tratava, certamente pouco tem a ver com o espiritismo, que tem pouco mais de 150 anos.

Já o próprio Jesus, segundo o Novo Testamento, "falou com Moisés e Elias em uma tenda". Ora, Elias pode ter "ascendido aos céus", mas Moisés estava morto fazia um bom tempo. Ou seja: mesmo Jesus falou com um morto.

Abs
raph

27/3/12 09:25  
Anonymous Anônimo disse...

Se Chico Xavier era homossexual ou não, isso não importa. O que importa é que ele era um homem bom, que vivia para ajudar os outros. De que adianta ser heterossexual e viver egoisticamente? Mil vezes um homossexual útil do que um heterossexual inútil.

19/5/12 22:26  
Blogger Reszko disse...

Sou ateu e não acredito em nada sobrenatural, principalmente espiritismo. Porém, realmente seria arrogância dizer que Chico Xavier não ajudou pessoas. É preciso reconhecer: independente de suas intenções, pessoas foram ajudadas de várias maneiras, e com certeza é isso que conta no fim.
Abraços

21/6/12 20:48  
Blogger raph disse...

Exato Reszko, o amor, sendo ou não sobrenatural, é o que conta :)

Abs!
raph

22/6/12 11:50  
Anonymous Marcos disse...

Conheci o Espiritismo aos 18 anos de idade , hoje possuo 47 anos ,tive varios testemunhos de vida e da existência dos espiritos ,não frequento um centro espírita a muitos anos , conheço pessoas de varias religiões e posso falar com cinceridade, a semente de fé que trago comigo é verdadeira e ninguem abala , não importa a religião,a minha fé na espiritualidade ,talvez seja a mesma que Chico Xavier possuia quando estava entre nós, e isso basta!Obrigado!

30/6/12 22:16  
Blogger Roberto disse...

Só lamento nessa encarnação por não ter tido, nem perseguido, a oportunidade de conhecer pessoalmente o último avatar encarnado de que se tem notícia, que veio nesta era em que tive a oportunidade de nascer e simplesmente não aproveitei. Pelo menos, procuro aproveitar esse legado deixado por ele para ajudar quem está ao meu redor.

19/8/12 18:31  
Blogger Profastromar disse...

Pra mim, Chico Xavier era uma farsa sim!
E não era dinheiro que ele queria. Ele buscava a fama! E conseguiu!
Veja bem: eu não estou dizendo que as mensagens dele não eram bonitas ou que o que ele pregava era algo ruim! O que eu estou dizendo é que acredito que ele viveu toda a sua vida numa fraude (ou loucura, quem sabe!). É incrível como eu nunca tenha visto uma alma! Duvido que qualquer médium tenha visto uma! No fundo, eles sabem que é tudo fingimento!!!
É muita hipocrisia no centros o pessoal se comunicar com espíritos, mover objetos, etc. e quando um cientista tenta colocar à prova, nada acontece! Eles dizem que é muita arrogância do homem querer submeter o plano espiritual a nossa ciência!
Ninguém nunca ganhou aquele prêmio de um milhão de dólares para quem provasse algo sobrenatural! Quanta caridade o médium poderia fazer com esse prêmio, hein?
E por que os espíritos não nos dão uma forcinha e ajudam a nossa ciência a comprovar que eles existem?
Ou por que eles simplesmente não aparecem de uma vez por todas para que todos possam saber que eles existem?
Cadê Deus?
Sim ... eu sou agnóstico! Gostaria que existisse vida após a morte. Que existisse um Deus bondoso esperando para nos abraçar no final desta jornada! Mas honestamente não vejo nenhum motivo para acreditar em nada disso! O que eu vejo é as pessoas atribuindo as coisas boas que acontecem no mundo a Deus.
A bondade e a maldade são sentimentos existentes no homem. Isso não implica em Deus existir!
Não estou tentando fazer apologia a nada! Apenas li o texto e estou dizendo o que eu penso das coisas.
Acho que é tudo uma questão de fé! Fé esta que eu não tenho e não vejo nenhum motivo para os outros terem! É feita uma verdadeira lavagem cerebral em nós desde que nascemos e é muito difícil uma pessoa usar a razão para contestar a fé! É pecado, é imoral, é o ingresso para o inferno, é motivo para receber castigo divino, etc.
Na verdade, ninguém sabe de nada e fica especulando as coisas.
Enfim, cada um acredita no que quiser! O que deve existir mais no mundo é a tolerância! As pessoas precisam deixar de atacar aquelas que não pensam iguais a elas!

E não ... eu não ataquei Chico Xavier pelo fato dele crer em algo que eu não creio! Simplesmente disse que acreditava que era tudo fingimento ou loucura!
Você que está lendo o meu texto ... responda a si mesmo: você já viu algum espírito? Pois é ... é curioso como só os outros é que conseguem ver!
Ficaria muito mais fácil de acreditar se aparecesse um pra mim agora! Qualquer um! Mas é uma espera inútil! Por motivos óbvios!!!

6/6/13 15:19  
Blogger raph disse...

@Profastromar:

O amor nunca foi comprovado em laboratório. Ninguém nunca colheu uma amostra de amor. Mesmo assim há muitos que creem que ele exista...

Já sobre o "desafio" do James Randi, recomendo consultar este outro post aqui:

João de Deus: charlatão?

Abs
raph

6/6/13 15:28  
Blogger Profastromar disse...

@raph

O amor é um sentimento. Apesar de talvez não ser possível provar em laboratório que o amor ou ódio exista, ainda é possível experimentá-los. E digo talvez porque a ciência do cérebro já está bastante avançada: não me surpreenderia se visse algum cientista mostrando qual é a região do cérebro que fica ativa quando a pessoa está apaixonada! Rs

Claro que existem coisas inexplicáveis (Não necessariamente paranormal)! Até a propensão à crença, mitos e superstições é comum na gente! Mas isso não implica na existência de Deus! Se você acredita, tudo bem! É questão de fé!

Eu vejo alguns agnósticos falando algo parecido com isso: "Se Deus existe, como é que você sabe que a fadinha do dente não existe?"
Isso soa até um pouco ofensivo para a pessoa que crê, mas se você colocar de lado o tom de provocação, vai ver que tem todo o sentido o questionamento!
Eu poderia dizer que existe gnomo, papai noel, o monstro do lago ness, pé grande, etc. Poderia até dizer que já conversei com um gnomo! Alguém poderia provar que eu estou errado? Eu poderia provar que estou certo? Acho que não! Acho que seria uma questão de fraude ou de fé! Ou de loucura, quem sabe!?

Quanto ao texto sobre João de Deus, abre-se espaço para uma discussão maior. Vou fazer alguns comentários sobre o assunto. A forma como eu o vejo:
Nem tudo é truque! Existe a sugestão, a hipnose (parece-me que existe!), o efeito placebo da pessoa que sai de lá acreditando que está curada da coluna. Assim como pode existir também algum exageros para que as sessões ganhem notoriedade e virem verdadeiros shows!
Eu vi uma reportagem outro dia (acho que foi no SBT repórter) desse João de Deus fazendo as cirurgias .. um cara que ele raspou o olho ficou quase cego! Levaram ele antes e depois do procedimento para um oftalmologista e o médico afirmou que ele já tinha perdido 80% da visão. E ele estava se recuperando daquela sessão para ir novamente para o João de Deus terminar a cura! O médico recomendou que ele não fosse novamente. E quando o repórter perguntou, ele respondeu que iria porque acreditava naquilo!
Bom .. a reportagem não mostrava o que acontecia depois! Mas até onde mostrou, o cara estava com a córna toda danificada e já tinha perdido a visão quase toda!

Há alguns pastores também que dizem curar AIDS, fazem aleijado andar, mudo falar, etc.
Você acredita que algum pastor já tenha curado a AIDS? Eu não acredito nessa!

Eu deixo mais uma pergunta para você: você questiona as coisas ou simplesmente as aceita?
Abraço

6/6/13 17:03  
Blogger raph disse...

Questiono, tanto que deixo claro que não concordo com as cirurgias físicas de João de Deus, e menos ainda com o abandono total do tratamento convencional, confiando todas as fichas na medicina dita alternativa.

Mas isto por si só não me impede de admitir que existe muita coisa inexplicada no que João de Deus faz, e que foi atestado pela Associação Médica Brasileira. Ou seja, não foi atestada a cura, mas foi atestado que as cirurgias são reais... Pelo que sei, se estivesse interessado, João de Deus ganharia o "desafio" de James Randi várias vezes. Mas João de Deus provavelmente não sairá do Brasil, então por que o Randi não vai a Abadiânia (como a NetGeo, a Discovery Channel e a BBC foram)?

***

No caso do Chico Xavier é ainda mais problemático crer que o que ele desejava era a fama. Além de doar cada centavo dos milhões de livros que vendeu, ele na realidade fugia da mídia, por diversas razões.

Quando finalmente resolveu participar do Pinga-Fogo da TV Tupi, deu uma das maiores audiências (senão a maior) da história da TV Brasileira. Depois, naquele mesmo ano, participou de outro programa, e depois nunca mais foi...

Se ele queria fama, o tapete vermelho estava lá estendido para ele. Mas ele não quis.

Eu não estou aqui dizendo que devem crer em espíritos e etc. Talvez Chico Xavier alucinasse (e esta é uma explicação cética viável), mas crer que ele fazia o que fazia para ter algum benefício que fosse é ignorar o sacrifício que foi cada dia da vida dele - seria muito mais fácil não ter de trabalhar 12, 13, 16h por dia com a caridade (após aposentado).

Abs
raph

6/6/13 17:29  
Blogger Profastromar disse...

A fama não se resume a ir pra tv ou aparecer em jornais e revistas!
Verdadeiras multidões iam ver Chico frequentemente, não? Ele não se tornou um ícone religioso notório?

E mesmo que ele não quisesse fama, vamos pensar nesse exemplo: Os monges budistas vão para o meio do nada, passam o dia meditando, fazendo exercícios, mentalizando o bem! São desapegados de coisas materiais e não buscam fama nem seguidores (até onde eu sei!).
Não é curioso a pessoa escolher ser um monge e ir viver o resto da vida na montanha meditando? E os monges (maioria) são anônimos! Não é tão ou mais interessante do que o estilo de vida que Chico escolheu?
A gente nunca vai entender o porque deles (os monges ou Chico) terem escolhido essa vida! Cada um tem sua esquisitisse! E a esquisitisse de alguns pode ser diferente da esquisitisse da maioria! Rs

Chico pregava o bem? Sim!
Fazia caridade? Sim! Sem sombra de dúvidas!
Se o restante das pessoas fosse pelo menos metade do que ele pregou, o mundo seria melhor!

Mas o seu texto era falando sobre a questão da mediunidade. Perguntava se era charlatanismo ou não.
Para mim, a mediunidade é uma farsa! O fato de Chico pregar o bem não implica que ele era médium!

Eu li o livro dos espíritos e o pensamento "lógico e científico" de Kardec não me convenceu! Ele usava argumentos do tipo: "os fenômenos das mesas dançantes apareciam no mundo inteiro. Não tinha como as pessoas combinarem isso. Não podia ser coincidência!", dentre outros!
Mas farsante existe no mundo inteiro! O charlatanismo existe desde que o mundo é mundo!

A história do plano superior ser semelhante ao nosso é muito cômoda, não? Partindo-se da premissa de que é fraude, vc nunca vai entrar em contradição, simplesmente porque não precisa inventar nada!


Eu gostei muito dos comentários abaixo:
=======
Anônimo disse...
É tudo enganação.ONIPOTENTE,ONIPRESENTE,NICIENTE´.Vê tudo, está em todo lugar,sabe tudo e não faz nada.Me mostre o tumulo de um deus e eu vou lá colocar flores.Tão poderosos e estão mortos.Se é que existiram...


Reszko disse...
Sou ateu e não acredito em nada sobrenatural, principalmente espiritismo. Porém, realmente seria arrogância dizer que Chico Xavier não ajudou pessoas. É preciso reconhecer: independente de suas intenções, pessoas foram ajudadas de várias maneiras, e com certeza é isso que conta no fim.
Abraços

========


À colega Isabelle do Valle, realmente alguns comentários são muito maldosos! Existem pessoas negativas entre os ateus e entre os crentes! É como eu sempre digo, a bondade e a maldade são inerentes do ser humano e a gente escolhe o que quer ser! Ser crente ou ser ateu não faz da pessoa melhor ou pior do que ninguém! É uma questão de crença. Acho que caráter está mais ligado a princípios morais do que religiosos!


Como disse, eu sou agnóstico! Eu simplesmente não acredito em Deus! Não o sinto! Nunca o vi! Não vejo lógica nenhuma na sua existência. Acho até paradoxal a existência de Deus! Se a gente existe porque Deus criou, quem criou Deus?

Abraço

6/6/13 19:14  
Blogger raph disse...

Meu caro, não estou aqui querendo convencer ninguém de nada. Tenho amigos ateus e agnósticos exatamente porque nada tenho contra eles. Da mesma forma, não julgo todo espírita ou médium que encontro como falsário a priori.

Ainda que a mediunidade não exista fora da mente de quem crê nela, ela existe dentro da mente (o que já é existência suficiente), e portanto as pessoas que creem nela acreditam no que acreditam por experiências subjetivas, religiosas e místicas, que não cabe a nós julgar "de fora"...

Julguemos os frutos da obra. Se Chico dedicou a vida a caridade, que importa se é maluco ou esquizofrênico... Se todos fossem loucos como ele, o mundo seria uma loucura maravilhosa!

Agora, se tudo o que têm para dizer é que ele fez tudo o que fez por conta do desejo da fama, que seja... O Dalai Lama é um monge bastante famoso, será um charlatão também?

Abs
raph

6/6/13 19:37  
Blogger Profastromar disse...

Colega,
Acho que você misturou tudo agora! Rs
Eu não entrei no mérito sobre se você está tentando convencer as pessoas, assim como deixei claro que não estou tentando convencer ninguém de nada (está escrito isso!). Apenas disse o que eu pensava sobre o assunto, vocë contra-argumentou e eu fiz a minha tréplica. E isso chama-se discutir um assunto! Discutir na ascepção racional da palavra!

Eu conheço espíritas que são pessoas fantásticas, que só pregam o bem (assim como disse que Chico pregava coisas boas) .. mas particularmente não acredito que eles sejam médiuns de verdade! Se a mediunidade existe apenas na mente de quem nela crê, acho que acabamos a nossa discussão, porque eu concordo com você!

Sobre a teoria dos frutos da obra, não entendi o porquê de vc ter falado, porque foi exatamente isso que eu falei no meu texto!
E em nenhum momento eu disse que é a fama ou anonimato que vai colocar a pessoa como charlatã! Aí já é questão de interpretação de texto! Sinceramente!!!
Chico Xavier tinha um estilo de vida em que abria mão de muitas coisas, como riqueza, etc .. e eu comentei que existiam pessoas que abriam mão de mais coisas do que ele. Existem pessoas que vivem uma vida de mais sacrifício do que Chico Xavier (e não é por motivo religioso, o que torna ainda mais curioso! Não é pra ir pro céu! Rs ... E nem pra ficar famoso!).
Chico Xavier não conseguia abrir mão de futilidades como a vaidade, por exemplo! Você já viu algum monge de peruca? Do ponto de vista do que ele pregava, chega a ser uma grande incoerência isso! Mas do ponto de vista de quem não é religioso, como eu, é até natural ... mostra apenas o óbvio: ele era humano como qualquer outro!

A pessoa dizer que conversa com espíritos e conseguir convencer os outros disso, certamente fica famosa!
Inri Cristo só prega o bem também! Só fala em amor e abriu mão de riqueza! Mas é ridicularizado por onde passa!
Eu vou até fazer um palpite audacioso: acho que você pensa que Inri Cristo é charlatão! (repito: palpite!) Se tiver acertado ... e agora? Ele prega a mesma coisa que Chico Xavier pregava mas no caso dele é charlatanismo? É coerente isso?
E se eu tiver errado no meu palpite, a sua situação fica ainda mais complicada! Rs ... Se Inri Cristo é o Jesus genuíno, por que você não o estã seguindo? É Jesus mas cada um no seu quadrado? Rs

Enfim .. acho que você saiu invertendo tudo que eu falei. Sugiro que você faça uma releitura do texto. E pense nesses últimos questionamentos que eu fiz!

6/6/13 20:59  
Blogger raph disse...

Bem eu não acho que Inri Cristo seja charlatão, até onde sei, ele parece realmente ter a convicção de ser Cristo, ou seja, de estar em comunhão com Deus. Eu não posso julgar que ele esteja querendo enganar os outros, ganhar dinheiro, fama, etc., independente de eu crer que ele seja quem diz ser, ou mesmo de crer ou descrer em Deus. No fim, Deus é apenas uma palavra.

Já se vc tem algum problema pessoal com Chico e sua peruca, isto é problema seu. O fato de usar peruca faz alguém excessivamente vaidoso ou charlatão? Ok, então esta bem assim: esta é a sua opinião...

6/6/13 23:48  
Blogger Profastromar disse...

"No fim, Deus é apenas uma palavra."

Concordo!

"Já se vc tem algum problema pessoal com Chico e sua peruca, isto é problema seu. O fato de usar peruca faz alguém excessivamente vaidoso ou charlatão?"

É brincadeira isso, não? Depois dessa, encerro minha participação no seu blog!
Sem mais ... Boa sorte!

7/6/13 05:05  
Blogger Antônio Brasileiro disse...

Oi Rafael, Enviei essa mesma pergunta para o Marcelo, e gostaria de saber sua opinião acerca de uma polêmica interessante de um dos livros de Chico Xavier de título - Novo Mundo- na pág. 43, onde Emannuel supostamente ameaça a vida do médium caso ele parasse com a psicografia, segue o trecho e o link do livro:
http://www.oconsolador.com.br/linkfixo/bibliotecavirtual/chicoxavier/novomundo.pdf
-Então devo trabalhar na recepção de mensagens de livros do Mundo Espiritual até o
fim da minha vida atual?
-Emmanuel, acentuou:
-Sim, não temos outra alternativa.
Naturalmente, impressionado com o que ele dizia, voltei a interrogar:
-E se eu não quiser, já que a Doutrina Espírita nos ensina que somos portadores do
livre-arbítrio para decidir sobre os nossos próprios caminhos?
Emmanuel fez então um sorriso de benevolência paternal e me cientificou:
-A instrução a que me refiro é semelhante a um decreto de desapropriação, quando
lançado por autoridade da Terra.
Se você recusar o serviço a que me reporto, segundo creio, os Orientadores dessa obra
de nos dedicarmos ao Cristianismo Redivivo, de certo que eles, os Orientadores, terão
autoridade bastante para retirar você do seu atual corpo físico.
Quando eu ouvi esta declaração dele silenciei para pensar na gravidade do assunto, e
continuo trabalhando sem a menor expectativa de interromper ou dificultar o que passei a
chamar por “Desígnios de Cima

15/7/13 15:27  
Blogger raph disse...

Vou responder o mesmo que no TdC. Há basicamente três vias de análise para o assunto:

(a) Chico não compreendeu direito a Emmanuel.
(b) Chico confundiu o suposto "Emmanuel" com outro espírito.
(c) Emmanuel nunca foi quem disse ser.

Eu tendo a crer que a alternativa (a) seja a mais indicada para este assunto em particular, embora certamente muitas vezes a (b) também possa ser considerada, enquanto a (c) seria um tanto mais radical, mas não totalmente inverossímil.

Claro que estamos aqui considerando isto tudo para quem crê em espíritos, para quem não crê a questão se torna irrelevante.

Abs
raph

15/7/13 16:52  
Blogger Antônio Brasileiro disse...

Cara tô quebrando minha cabeça com isso, rs. Minha melhor teoria é que espirito guia também comete erro pautada em suas crenças e educação. Ou quem sabe, Chico morreria por não ter mais objetivos a serem cumpridos que não a psicografia. Tô pesquisando e perguntando a opinião de meio mundo de gente. Amanhã vejo qual a opinião de Waldo Vieira... Mas valeu pelo seu ponto de vista Raph, me deixou mais confuso ainda, mas sabe como é, o conflito faz parte da aprendizagem.

15/7/13 17:12  
Blogger moi disse...

Avaliar Chico Xavier é um tanto complicado. Não há dúvidas de que se era homem simples, humilde (poderia ter ficado rico e não quis) trabalhador e preocupado em ofertar consolo aos que o procuravam. O problema é que a mediunidade do homem de Uberaba, se avaliada criticamente, mostra ser oriunda das habilidade pessoais do médium: nada que provinha de Chico pode ser atribuído à ação de inteligências invisíveis acima de qualquer discussão. As obras que escreveu ditas provindas de autores falecidos se explicam pelo singular talento de simular estilos alheios. Embora esta seja habilidade pouco comum, são conhecidos vários artistas capazes de fazer o mesmo, não só na escrita, também na pintura, no canto.

São as cartas psicografadas as que mais revelam o médium e põe por terra a suposição de que desencarnados o usaram com canal de comunicação: todas as missivas produzidas por Chico possuem o mesmo estilo, revelando claramente que provêm de uma única e mesma mente.

Francisco Xavier nunca foi devidamente testado, nas ocasiões em que havia possibilidade de ter seu dom mediúnico conferido com rigor ele dava jeito de evitar a verificação.

O Programa Pinga-Fogo foi modo que o espiritismo encontrou para exaltar a imagem do médium, que vinha sofrendo abalos desde que a viúva de Humberto de Campos ingressara na justiça contra as mensagens psicografadas que Chico dizia receber do escritor falecido. Depois o médium se meteu com materializações e mais se complicou, principalmente com o caso Otília Diogo.

24/12/13 20:45  
Blogger moi disse...

Emmanuel, o espírito-guia de Chico Xavier, está demonstrado nunca ter existido: tratava-se de um "alter-ego" personalidade que o médium dissociava, a fim de dar vazão às tensões internas que o perturbavam. Sendo um homem dotado de boa cultura geral, memória admirável e excelente capacidade de articulação verbal e escrita é de compreender que esses alívios tensionais viessem vestidos de poesia, e prosas criativas.

Em Há Dois Mil Anos Chico, sem querer, revelou por ele mesmo a inexistência de Emmanuel: ao atribuir a Públio Lêntulo, imaginado senador romano que teria cumprido missão especial na Palestina, uma das encarnações de Emmanuel, mostrou que este é personalidade inventada, visto que o senador Lêntulo jamais existiu historicamente. Há estudos bem fundamentados, disponíveis na Internet, que mostram sem qualquer dúvida a fantasia que foi Emmanuel. Veja-se, por exemplo: http://obraspsicografadas.org/2012/testemunhos-lentulianos/

24/12/13 21:08  
Blogger raph disse...

"O Programa Pinga-Fogo foi modo que o espiritismo encontrou para exaltar a imagem do médium, que vinha sofrendo abalos desde que a viúva de Humberto de Campos ingressara na justiça contra as mensagens psicografadas que Chico dizia receber do escritor falecido."

Na verdade o Ping-Fogo tinha uma série de perguntas "programadas" para derrubar de vez a reputação de Chico (como por exemplo a que indagava sobre a homossexualidade, talvez a que era mais claramente voltada para tal intuito), mas ele se saiu tão bem nas respostas que ainda foi chamado para um segundo programa no mesmo ano, para nunca mais participar de nenhum programa semelhante (apesar das insistências da mídia da época).

Considerar que uma das maiores audiências da TV Aberta do país foi fruto de uma organização midiática para promover Chico, e não para o derrubar de vez, é no mínimo um enorme desconhecimento da forma como Chico era tratado pela mídia daquela época, quando o preconceito contra o espiritismo era assustadoramente maior do que é ainda hoje.

***

Quanto as outras teorias, entretanto, considero todas válidas. Não quer dizer, no entanto, que Chico agia dessa forma intencionalmente (talvez no caso das cartas para as mães que o visitavam, mas não há nada que indique que Chico tenha "inventado" psicografias de propósito, embora a hipótese de criptomnésia e/ou distúrbio mental continue sendo válida - a complexidade recaindo, obviamente, na definição do tipo exato do distúrbio).

Abs
raph

26/12/13 20:06  
Blogger moi disse...

Que o programa Pinga-Fogo foi montado para impulsionar a imagem espírita de Chico Xavier é fato facilmente demonstrável. No primeiro programa o único que efetivamente "ameaçou" a posição de Chico foi João de Scantimburgo, que apontou a desenvoltura do entrevistado diante das câmeras e seu palavreado culto como demonstração de que não seria aquela pessoa sem instrução que seus seguidores gostavam de descrever. As demais inquirições ou foram amenas ou fáceis de ser enfrentadas. A maioria dos indagadores era de espíritas ou simpatizantes. No segundo programa então nem se fala, lá estavam Saulo Guimarães, Freitas Nobre, Hernani Guimarães, Durval Monteiro, Vicente Leporace. Herculano Pires compareceu ao primeiro encontro. Pouquíssimas perguntas foram embaraçosas para o médium, uma de que me lembro questionava a manifestação de Maria João de Deus, que dizia ter viajado a Marte e lá encontrado desenvolvida civilização. A resposta de Chico foi vaga e evasiva.
.
Xavier nunca participou de conversas em que sua mediunidade fosse firmemente conferida, o movimento espírita não permitiria que tal ocorresse. Em verdade havia um cordão protetivo em torno do médium, de modo a evitar que fosse envolvido em debates que o pudessem complicar.

26/12/13 21:18  
Blogger raph disse...

"Facilmente demonstrável" parece ser um conceito um tanto vago, neste caso em específico.

Ignorar o preconceito existente em muitos setores da sociedade contra o espiritismo e práticas espiritualistas em geral, e principalmente naquela época, é querer realmente enxergar o que convém enxergar; ironicamente o mesmo que os médiuns são acusados de fazer :)

28/12/13 17:20  
Blogger moi disse...

raph disse...
"Facilmente demonstrável" parece ser um conceito um tanto vago, neste caso em específico.

Ignorar o preconceito existente em muitos setores da sociedade contra o espiritismo e práticas espiritualistas em geral, e principalmente naquela época, é querer realmente enxergar o que convém enxergar; ironicamente o mesmo que os médiuns são acusados de fazer :)
.
COMENTÁRIO: não há nada de preconceituoso em meu declarativo. Afirmei que seria facilmente demonstrável que o Pinga-Fogo foi montado para incrementar a boa imagem de Chico, e dei, resumidamente, exemplos disso. Se as ilustrações não são satisfatórias convém contestá-las com argumentos adequados. Chamar o opinamento de preconceito significa sentenciar a avaliação sem devidamente avaliá-la.

28/12/13 22:50  
Blogger raph disse...

O preconceito não é seu, mas de uma boa parcela da sociedade, e isto é tão evidente que exemplos não faltam.

Mas, se formos analisar especificamente o Pinga-Fogo, é claro que houveram também perguntas inseridas no primeiro programa que eram obviamente "pegadinhas" para tentar pegar o Chico no contrapé, particularmente a que tocava no assunto da homossexualidade (o que na época, desnecessário seria lembrar, mas lembro assim mesmo, era um tabu muito maior do que o de hoje).

Enfim, mas se você crê que o Pinga-Fogo foi uma grande armação da TV Tupi para promover o espiritismo, tudo bem, não estou aqui para desmerecer a crença de ninguém.

30/12/13 14:10  
Blogger moi disse...

RALPH: Enfim, mas se você crê que o Pinga-Fogo foi uma grande armação da TV Tupi para promover o espiritismo, tudo bem, não estou aqui para desmerecer a crença de ninguém.

COMENTÁRIO: não é questão de desmerecer crenças, sim de analisar o evento e entendê-lo adequadamente. De quem partiu o convite para que Chico viesse à TV-Tupi, de São Paulo? De Saulo Gomes, dedicado espírita. Chico estava, desde o caso com Otília Diogo, arredio à imprensa. Seria querer muito que Saulo pretendesse avacalhar com o médium, deixando-o exposto ao fogo de detratores. Em verdade, nenhum dos que criticavam Chico pela imprensa, e questionavam sua mediunidade, foi chamado ao programa... Só isso demonstra que havia o intento de evitar que o médium se visse diante de questões embaraçosas.

30/12/13 16:28  
Blogger raph disse...

É claro que o programa contava com simpatizantes do espiritismo, do espiritualismo, e da pessoa de Chico, mas estava bem distante deste ideia de que foi uma "armação" para melhorar a imagem de Chico. Inorar as "perguntas capiciosas", particularmente as do primeiro programa, é praticar do famoso "ceticismo seletivo".

Além disso, se Chico quisesse "estar de bem com a imprensa", poderia muito bem gravar 2 programas Pinga-Fogo todo ano, pois só aqueles dois foram duas das maiores audiências da história da TV Aberta brasileira - e mesmo tendo indo bem em ambos, nunca mais participou de nenhum, e isso nada tinha a ver com "problemas com a Revista Cruzeiro", que não chegava nem perto da importância da audiência que as entrevistas de Chico no Ping-Fogo alcançaram.

Mas, enfim, cada um crê no que quer.

1/1/14 17:34  
Blogger raph disse...

[não relacionado a discussões acima]

Hoje sabemos que a maior parte dos que afirmam ter uma experiência religiosa não estão fingindo. A ciência **comprovou** isso por experimentação com ferramentas de neuroimagem. O estudo citado abaixo é somente mais um deles (ler, por exemplo, "O cérebro espiritual", do Dr. Mario Beauregard)...

"Recentemente, alguns estudos revelaram que regiões e sistemas cerebrais medeiam os diferentes aspectos da experiência religiosa, descartando, assim, a teoria "ponto de Deus", que postulava um local no cérebro como responsável pela experiência com o "divino". As experiências religiosas são complexas e multidimensionais na medida em que envolvem alterações na percepção (por exemplo, imagens mentais visuais); cognição (por exemplo, representações do self), e emoção (paz, alegria e amor incondicional)."

http://www.hcnet.usp.br/ipq/revista/vol40/n6/225.htm

8/1/14 15:40  
Blogger Paulogiovani j disse...

Parabéns pela ídeia do título, bem bolado.
"Essa geração pede um sinal, mas nenhum sinal será concedido, a não ser o de Jonas", acho que encaixa muito bem, na questão da mediunidade. (Qual o significado??)
A ciência já avançou muito, facilitou bastante mas não resolveu, sem o progresso moral sempre a nós como sociedade estaremos inseguros.
A pedra que os construtores deixaram de lado se tornou a mais importante, a cabeça de ângulo,..., A pedra Angular...
Sem ela as construções sempre serão fadadas a cair e ruir.
No caso de chico xavier "eles"
produziram uma obra de inestímável valor que vale estudos para muito tempo, acredito.
A força do espiritismo vem do ensinamento moral, do apelo a razão e o bom senso...
Forte abraço.

6/1/15 21:05  
Blogger Ernesto Almeida disse...

Chico Xavier seguiu as perorações do Divino que Mestre que enfatizava que "não queria adoradores da Sua Figura, mas sim seguidores das Suas Obras"

8/1/17 21:02  
Blogger raph disse...

Artigo interessante sobe o uso de Inteligência Artificial para analisar a obra de Chico:

http://super.abril.com.br/historia/inteligencia-artificial-pos-a-prova-psicografia-de-chico-xavier/

30/6/17 17:34  

Postar um comentário

Toda reflexão é bem-vinda:

‹ Voltar a Home

Related Posts with Thumbnails