Pular para conteúdo
5.7.12

Anti-reflexo

» Conto pessoal, inaugurando a série “Cotidianos”, com breves reflexões acerca dos eventos do dia a dia...


Uma em cada quatro crianças não enxerga bem.

É isso que acabei de ler na seção “Você sabia?” do site da empresa que criou as minhas lentes anti-reflexo. Depois piora, segundo o mesmo site: cerca de 2,4 bilhões de pessoas no mundo não enxergam bem. Isso é um tanto quanto vago, no entanto: o que seria enxergar bem, afinal?

Se estavam se referindo a miopia, ou “enxergar mau de longe”, acertaram em cheio: eu fui parte das crianças que não enxergavam bem. Descobri isso quando comecei a sentar mais pelas últimas fileiras da sala de aula; Acho que quando comecei a ser mais levado, descobri que não enxergava bem o quadro negro... Mas não foi punição do Papai Noel, foi?

Você sabia que quando uma criança com cerca de 2 graus de miopia passa a usar óculos pela primeira vez, o topo dos prédios de Copacabana passa a ser a visão mais interessante do mundo? “Nossa, olha aquela pessoa olhando daquela janela lá em cima, e eu consigo vê-la direitinho daqui da janela do ônibus!”.

Geralmente não nos lembramos mais de quando aprendemos a enxergar as coisas pela primeira vez, mas quando você volta a aprender a enxergar as coisas distantes, lá pelos 6 anos de idade, esta pode ser uma memória e tanto... É como o caçador-coletor que encontrou o final da floresta, e admirou as árvores distantes na planície.

Que é o mundo todo, senão o que percebemos dele?

Muito tempo após, já adulto, eu comprei minha primeira TV de alta definição, dessas que usam cabo HDMI. Então pluguei meu videogame de alta definição nela, e me preparei para o espetáculo: nada demais. A primeira coisa que aprendi é que não adianta termos uma TV de alta definição, nem um videogame de alta definição, se não temos um cabo que suporte tanta definição junta, conectando tudo isso numa mesma experiência.

Conectei o cabo, a loja que me vendeu disse que era caro porque tinha “partes de ouro”... Bem, eu admito que dei pause no game de futebol e fiquei uns 5 minutos apenas apreciando a alta definição do gramado – e nem era um gramado real, mas virtual. Importante é que o cabo funcionou, já estava achando que aquela alta definição toda era um conto do vigário...

Mas nossa história ainda não terminou. Eu tinha óculos com lentes anti-reflexo e etc., achava que com eles havia deixado de fazer parte daqueles bilhões todos que não enxergam lá muito bem. Mas ocorre que, olhando para a tela da minha TV de alta definição, um dia percebi que a lente direita estava muito arranhada... Eu nem estava enxergando tudo com tanta definição assim!

Fui novamente numa ótica depois de muitos anos. Minha miopia havia estagnado em 5 graus, então apenas encomendei óculos novos. Mas não eram quaisquer lentes de óculos:

Para quem busca um produto premium. A melhor performance em lente anti-reflexo do mercado oferece uma visão nítida por muito mais tempo do que qualquer outra lente. Maya Forte [1] oferece as melhores performances para combater os 5 inimigos da visão, pois foi desenvolvido através de uma combinação de tecnologias de ponta resultando nos benefícios...

A seguir, o site da empresa lista os benefícios. Espinosa, sem dúvida, seria um homem muito rico hoje em dia – isto é, se tivesse vocação empreendedora. Mas, voltando ao assunto que importa: coloquei minhas novas lentes premium e liguei minha TV de alta definição. “Uau!”. Agora sim, estava lembrando os prédios de Copacabana.

O anti-relexo não serve para expulsar a luz, e sim para filtrar a luz que realmente importa: aquela que estamos contemplando. É esta que chegará aos olhos da mente e do espírito, não importa o grau da miopia, e tampouco a qualidade dos óculos. Não importa nem mesmo se podemos enxergar. Há muitas formas de ser ver o mundo, assim como há muitas formas de passear por aqui sem nada perceber, com olhos que nada veem e nada sentem. Eu sou, portanto, eternamente agradecido ao que vi, aos 6 anos, quando saí com meu pai do oculista.

O mundo todo estava apenas um pouco além de alguns graus de miopia. Para quem não enxerga bem, há lentes anti-reflexo. Para quem já enxerga bem, e nada reflete, o caminho será um tanto mais árduo...

***

[1] Marca de fantasia.

Crédito da foto: Tetra Images/Corbis

Marcadores: , , , , , ,

3 comentários:

Blogger Natalia B. disse...

Gostei Raph, sua narrativa foi bem leve e ao mesmo tempo filosófica.

Muita gente enxerga sem ver. Aprender a contemplar é um exercício diário.

5/7/12 19:59  
Blogger raph disse...

Obrigado Nath :)

Bjs
raph

6/7/12 15:16  
Blogger Mariana disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

13/11/12 20:25  

Postar um comentário

Toda reflexão é bem-vinda:

‹ Voltar a Home

Related Posts with Thumbnails