Pular para conteúdo
6.4.15

Lançamento: A espiritualidade do dia a dia

As Edições Textos para Reflexão retornam com nosso primeiro livro em coautoria.

Em A espiritualidade do dia a dia, Marco Marcon, teólogo e ex-participante do BBB15, convida Rafael Arrais, autor deste blog, para um diálogo acerca de Deus, do sentido da vida, da fé, da espiritualidade e do sacrifício.

Um livro já disponível nas versões digital (Amazon Kindle) e impressa (Clube de Autores):

Comprar o eBook (Kindle) Comprar a versão impressa*

(*) Obs.: Recomendamos que realizem a compra no Clube de Autores através de um Laptop ou PC, pois o site tem problemas com a versão para celulares e tablets. Podemos garantir que a compra é segura.

***

A seguir, um trecho da Introdução da obra:

Por muitos anos eu assisti o Big Brother Brasil, da Rede Globo, esperançoso que em meio às intrigas e fofocas, e a despeito de ser um jogo social, alguns participantes mais esclarecidos pudessem levantar temas importantes para o debate nacional, ou que falassem de arte, filosofia, religião etc.

Quando meu amigo, Marco Marcon, foi chamado para o programa deste ano de 2015, achei que minha esperança finalmente se concretizaria. Afinal, eu já havia conversado com ele sobre a mística católica [1] e diversos outros assuntos espirituais, filosóficos e até mesmo políticos, e eu sabia que ali estava, enfim, “um sujeito esclarecido no BBB”.

Mas me decepcionei de início. Percebi que seria praticamente impossível que algum assunto mais profundo pudesse ser discutido após os participantes passarem a madrugada enfurnados num carro. Então, num belo dia (na verdade, numa noite) eu sintonizei no canal Multishow da minha TV a cabo e, durante cerca de 15 minutos de transmissão ao vivo da casa, pude apreciar um belo diálogo sobre a arte sacra no país, entre Marco, seu amigo poeta, Adrilles, e o casal Fernando e Aline.

A conversa, que falava sobre como a experiência da contemplação da arte, particularmente a arte sagrada, não poderia ser “normatizada” pela razão, nem tampouco ser descrita em palavras, mas tão somente vivenciada, não devia em nada a documentários sobre o tema, ou mesmo a entrevistas com especialistas. Finalmente, um assunto realmente profundo dentro do BBB...

Mas nenhum segundo desses 15 minutos jamais entrou na edição do programa para a TV aberta. Ali de fato percebi que o BBB não era exatamente o habitat natural de alguém como meu amigo Marco: ele havia entrado ali para plantar uma semente.

Eu me chamo Rafael Arrais e, assim como Marco, tenho tentado plantar sementes. Sei bem que não podemos obrigar as pessoas a gostarem de filosofia, muito menos as evangelizar forçadamente a alguma doutrina religiosa. Tais gestos brutos podem até mesmo reproduzir um exército de clones, ou seja, pessoas que pensam aquilo que lhes mandaram pensar. A nossa missão é um tanto mais complexa: precisamos plantar sementes para que as pessoas aprendam a pensar e sentir por si mesmas. É uma tarefa árdua, que exige muitos sacrifícios de ambas as partes envolvidas. De fato, a espiritualidade genuína necessita ser plantada e regada, constantemente praticada, dia após dia, mas é a única arte verdadeiramente recompensadora...

***

[1] Eu e Marco já participamos do Hangout Gnóstico sobre o misticismo católico e o Papa Francisco.


Marcadores: , , , ,

0 comentários:

Postar um comentário

Toda reflexão é bem-vinda:

‹ Voltar a Home

Related Posts with Thumbnails