Pular para conteúdo
4.8.15

A escadaria para o Paraíso

A despeito de ter durado pouco mais de uma década, o Led Zepellin é uma das bandas de rock mais lembradas e celebradas do último século, e também deste. Prova disso é que em 2012 os seus integrantes ainda vivos foram alguns dos homenageados no Kennedy Center Honors, evento anual que ocorre nos EUA. Dentre as diversas celebridades presentes, estava o próprio presidente Barack Obama, que pareceu ser um fã genuíno da banda.

Ora, e se há muitos por essas bandas que mal conhecem o som do grupo britânico, a verdade é que eles têm um hino, e este hino desperta a memória, faz com que uma brisa sopre pela alma até mesmo daqueles que nunca compraram um CD ou sequer compreendem suas letras. Estou falando, é claro, de Stairway to Heaven (Escadaria para o Paraíso).

A música que se tornou um hino do rock mundial foi composta pelo vocalista Robert Plant e o guitarrista Jimmy Page no início da década de 70, exatamente numa época em que Page foi dono de uma livraria especializada em espiritualidade e ocultismo, chamada The Equinox Booksellers and Publishers. Ora, mas e o que o misticismo tem a ver com o hino? Muita coisa, conforme o ocultista Marcelo Del Debbio explica em seu blog, e eu recomendo muitíssimo a leitura a todos os fãs desta música.

Mas o meu objetivo aqui não é lhes dar nenhuma aula de artes ocultas. Pelo contrário, meu intento é somente o de mostrar o resultado final de toda arte grandiosa, de toda magia elaborada com amor: a elevação da alma.

Voltando ao evento no Kennedy Center, há um momento muito especial, que é quando a banda americana Heart, também das antigas, e que sempre foi fã do Led Zepellin, traz um cover extraordinário de Stairway, cantado genuinamente com a alma. E, na plateia, vemos os autores do hino se emocionando, cada um a sua maneira, a cada trecho da música.

É então que também podemos nos emocionar, na medida em que compreendemos do que se trata tal magia, com o efeito que ela causa até hoje nas plateias. Mas, sobretudo, o que mais emociona é o olhar de Robert Plant, inundado de lágrimas, no trecho final da apresentação (em torno de 6:35 no vídeo abaixo)...

To be a rock and not to roll. Ora, eu posso traduzir este trecho, mas o que ele suscita vai muito além das palavras. Por um breve momento, Plant parece ter se conectado novamente com aquele antigo refúgio de onde veio toda a sua inspiração. Por um breve momento, ele se tornou como uma rocha, e deixou de rolar.

O que nos emociona é perceber esta rocha, e então ter de voltar ao mundo onde tudo rola e rodopia:

[Escadaria para o Paraíso]

Há uma senhora que está certa de que tudo o que brilha é ouro
E ela está comprando uma escadaria para o Paraíso
E quando chega lá ela sabe, se as lojas estão fechadas,
Com uma palavra ela consegue o que veio buscar

Oh, e ela está comprando uma escadaria para o Paraíso

Há um sinal na parede, mas ela quer ter certeza,
Pois você sabe, às vezes as palavras têm duplo sentido
Em uma árvore à beira do riacho há uma ave que canta
Às vezes todos os nossos pensamentos são inquietantes

Oh, e isso me faz pensar
Oh, e isso me faz pensar

Há algo que sinto quando olho para o oeste
E o meu espírito clama para partir
Em meus pensamentos tenho visto anéis de fumaça através das árvores
E as vozes daqueles que estão de pé nos observando

Oh, e isso me faz pensar
Oh, e isso me deixa maravilhado

E um sussurro nos avisa que cedo, se todos entoarmos a canção,
Então o flautista nos conduzirá à razão
E um novo dia irá nascer para aqueles que suportarem
E a floresta irá ecoar com gargalhadas

Oh, oh
Se há um alvoroço em sua horta
Não fique assustada
É apenas a purificação da primavera para a Rainha de Maio

Sim, há dois caminhos que você pode seguir
Mas na longa jornada
Há sempre tempo para se mudar de estrada

Oh, e isso realmente me deixa maravilhado

Sua cabeça lateja e isto não vai parar, caso você não saiba
O flautista lhe chama para que se junte a ele
Querida senhora, não pode ouvir o vento soprar? Você sabia
Que a sua escadaria repousa no vento sussurrante?

(...)

E enquanto seguimos soltos pela estrada
Nossas sombras se elevam mais alto que nossas almas
Lá caminha uma senhora que todos nós conhecemos
Que irradia uma luz branca, e quer nos mostrar

Como tudo ainda vira ouro
E se você ouvir com atenção
A canção finalmente chegará até você
Quando todos são um e um é todos, yeah!

Ser como uma rocha e não rolar

(...)

Oh, e ela está comprando uma escadaria para o Paraíso


tradução do inglês por Rafael Arrais

***

» Que tal uma viagem no tempo? Stairway to Heaven, no original.

Crédito da imagem: Steven DaLuz

Marcadores: , , , , ,

1 comentários:

Blogger Hugo Persechini disse...

A cara deles de tipo: "... é, ainda não é melhor que a gente...*palmas*"...

5/8/15 05:20  

Postar um comentário

Toda reflexão é bem-vinda:

‹ Voltar a Home

Related Posts with Thumbnails