Pular para conteúdo
25.11.11

O futuro de Deus

Quem acompanha a página do blog no Facebook pode já ter ouvido falar deste livro, mas achei por bem lhes trazer este resumo em vídeo de seu conteúdo, pois que em breve postarei alguns trechos dele aqui no blog, conforme faço na divulgação de outros livros.

Caso queiram se adiantar, podem comprar logo o livro. Pois se gostam do que há neste blog, dificilmente não irão se deliciar com a "futurologia" de Adjiedj Bakas e Minne Buwalda, que, por conhecerem demais o mundo atual, em todas as suas nuances políticas, econômicas e espirituais, têm uma capacidade quase sobrenatural de prever as tendências (e megatendências) futuras da religião mundial...

Com vocês, o futuro:

O futuro de Deus apresenta sete tendências principais que vão influenciar a nossa vida religiosa e espiritual. Dentre elas estão a tendência à individualização da religião e um cenário multiforme; novas ortodoxias e politização da religião; comercialização da religião e a midiatização de Deus; tendência à ascensão do Deus Verde; a combinação de doutrinas e rituais religiosos de forma pacífica; desenvolvimento de uma consciência mais elevada; nações multiculturais formadas por imigrantes, como os Estados Unidos e o Brasil, que liderarão a renovação da religião com, por exemplo, o surgimento de crenças sincréticas, entre outras tendências analisadas globalmente pelos autores. Publicado no Brasil por A Girafa.


Marcadores: , , , , , , , , ,

4 comentários:

OpenID naoestasendofacil disse...

O livro parece ser mesmo interessante. As idéias apresentadas no vídeo são ao mesmo tempo empolgantes e amedrontadoras.
Em breve saberemos onde eles acertam. =)

27/11/11 22:47  
Blogger raph disse...

Victor, eu já terminei de ler, o livro é espetacular. Do vídeo acima, no entanto, não entendi a parte que cita que computadores são ou serão tão inteligentes quanto um ser humano, pois além de isso ser altamente questionável, em nenhum momento é citado no livro (pelo menos que eu lembre). O restante do vídeo cita várias tendências que são explicadas em maiores detalhe no livro.

Abs
raph

28/11/11 12:34  
Anonymous Mariana disse...

Acabei de ler o livro esse final de semana e gostei muito. Provavelmente a melhor leitura do ano (obrigada pela indicação).

Eu passei 2011 bastante preocupada com o avanço do fundamentalismo religioso no Brasil, com chefes de terreiro sendo mortos, legislação laica sendo contestada e certos senhores incitando violência contra homossexuais nos meios de comunicação.

Me sinto mais tolerante e esperançosa depois de ter lido a análise dos autores. Eu realmente consegui entender e aceitar que mesmo o recrudescimento do fundamentalismo faz parte de um processo histórico maior, e possivelmente inevitável, mas não necessariamente negativo.

Também me sossegou bastante a perspectiva esperançosa que os autores deixam para o futuro, a despeito das atrocidades de agora.

Já passei o livro adiante para minha mãe. Continue com essas indicações maravilhosas =]

Abraço!

28/11/11 13:09  
Blogger raph disse...

Oi Mariana, fico feliz que minha indicação agradou tanto... Na verdade quanto mais pessoas lerem esse livro, mais mentes se tornarão "mais abertas", então acho legal passar adiante mesmo - claro, dependendo do gosto de cada um, pois tem gente que não vai ter paciência pra passar nem do primeiro capítulo :)

Sobre isso aqui que disse:

"Eu realmente consegui entender e aceitar que mesmo o recrudescimento do fundamentalismo faz parte de um processo histórico maior, e possivelmente inevitável, mas não necessariamente negativo."

Acho que negativo sempre será no sentido do fundamentalismo muitas vezes desembocar em violência... Mas o fato do fundamentalismo retornar, em certos contextos, demonstra como numa visão mais ampla as coisas tem andado a frente, e o fundamentalismo entra mais como uma "resposta" de quem não quer largar a ortodoxia de lado de jeito nenhum.

Como esses aparentemente tendem a ser a minoria mais idosa, um futuro de maior liberdade de pensamento aparentemente está se montando ali além do horizonte :)

Into that heaven on freedom, my Father, let my country awake.

Abs!
raph

28/11/11 15:24  

Postar um comentário

Toda reflexão é bem-vinda:

‹ Voltar a Home

Related Posts with Thumbnails