Pular para conteúdo
27.8.12

O grande campo

Somos todos reflexões
Da luz que irradiou de si mesma
A natureza de todas as paixões
E, da vida, toda a beleza.

No princípio havia apenas o Grande Ser
Refletido na forma de si mesmo;
Disse, então, tudo que havia por saber:
“Isto sou eu”.

Surgindo de tal pensamento, tornou-se a criação;
E aquele que o busca com ardor
Torna-se, na criação, um criador.

Em tudo que há existe o repouso e o movimento;
Somos todos luz condensada, luz repousada:
“Tudo existe neste momento”.


raph’12

***

Crédito da imagem: BordomBeThyName

Marcadores: , , , , ,

2 comentários:

Anonymous Anônimo disse...

Lindo poema!

27/8/12 18:32  
Blogger raph disse...

Também em homenagem ao Campo de Higgs e ao Fluido Cósmico Universal :)

28/8/12 11:52  

Postar um comentário

Toda reflexão é bem-vinda:

‹ Voltar a Home

Related Posts with Thumbnails