15.4.10

Cronologia das religiões

Cronologia do nascimento das principais religiões e sábios do mundo, dos textos védicos ao movimento da nova era:

Textos védicos do hinduísmo
(a tradição oral data da antiga Índia)
c. 4500-3000 a.C.
Sabedoria cultural e xamanismo de todos os continentes -
África, Europa, Américas do Sul e do Norte, Ásia
(as tradições orais datam da pré-história)
c. 4000-3000 a.C.
O Livro dos Mortos,
obra principal da religião do antigo Egito
c. 1580-1160 a.C.
I Ching,
a mais antiga obra mística da antiga China
c. 1350-1200 a.C.
Krishna, divindade hindu c. 1500 a.C.
Textos xintoístas
(a tradição oral data do Japão pré-histórico)
c. 1500 a.C.
Judaísmo c. 1300 a.C.
Moisés c. 1300 a.C.
Rei Salomão c. 970 a.C.
Orfeu, fundador do orfismo c. 700 a.C.
Lao-Tsé, principal fundador do taoísmo c. 604-515 a.C.
Mahavira, principal fundador do jainismo 599-527 a.C.
Buda c. 573-483 a.C.
Pitágoras, fundador da escola pitagórica c. 570-497 a.C.
Confúcio 551-479 a.C.
Sócrates c. 470-399 a.C.
Platão 429-348 a.C.
Mêncius, colaborador chinês do confucionismo c. 370-290 a.C.
Ashoka, colaborador indiano do budismo 304-232 a.C.
Estoicismo c. 300 a.C.
Jesus 5 a.C.-30 d.C.
O Evangelho de Tomé,
o mais profundo texto atribuído ao gnosticismo
c. 50-140 d.C.
Corpus Hermeticum,
obra que deu origem ao hermetismo
c. 100-200 d.C.
Constantino I, colaborador romano do cristianismo 272-337 d.C.
Códice Sinaítico,
a mais antiga versão da Bíblica em grego
c. 350 d.C.
Paulo de Tarso 366 d.C.
Maomé 570-632 d.C.
Sufismo c. 800 d.C.
Guru Nanak, fundador do siquismo 1469-1538 d.C.
Reforma Protestante
(deu origem a inúmeras vertentes do cristianismo)
1517 d.C.
Candomblé(*)
(a tradição oral data da antiga África)
c. 1549 d.C.
Bento de Espinoza, autor da Ética 1632-1677 d.C.
Bahá'u'lláh, fundador do bahaísmo 1817-1892 d.C.
Mórmons (Santos dos Últimos Dias) 1830 d.C.
Antiteísmo (ou neo-ateísmo) c. 1833 d.C.
Espiritismo 1857 d.C.
Rabindranath Tagore, autor do Gitanjali 1861-1941 d.C.
Testemunhas de Jeová 1870 d.C.
Teosofia 1875 d.C.
Gibran Khalil Gibran, autor de O Profeta 1883-1931 d.C.
Umbanda(*) 1908 d.C.
Chico Xavier, colaborador brasileiro do espiritismo 1910-2002 d.C.
Logosofia 1930 d.C.
Richard Dawkins, colaborador britânico do antiteísmo 1941 d.C.
(ainda vivo)
Movimento da Nova Era 1960 d.C.

(*) Religiões brasileiras.

Obs: Alguns podem questionar a dispariedade de importância histórica entre algumas religiões e doutrinas citadas. Não é minha intenção igualar sua importância, o cristianismo - por exemplo - sem dúvida tem uma influência mundial bem maior do que a teosofia ou o movimento de nova era. Da mesma forma, essa não pretende ser uma lista de 99% das religiões do mundo; obviamente eu optei por adicionar a lista algumas religiões que atrairam minha simpatia ou curiosidade ao longo dos estudos...

Obs (2): Outros podem questionar a presença do antiteísmo na lista, ou mesmo achar que é uma brincadeira ou "alfinetada" nos neo-ateus. Mas não: assim como certas vertentes do budismo não fazem nenhuma referência a Deus, e continuam sendo seguidas como uma religião, o antiteísmo - com sua necessidade de "evangelização" - não difere em nada de uma religião estabelecida.

Fontes: "Unidade" de Jeffrey Moses (ed. Sextante), Wikipedia, Early Christian Writings.

***

Veja também: Os 10 melhores livros sagrados e nossa biblioteca no Scribd

Crédito da imagem: Universalistas

Marcadores: , , , , , , , , , , , ,

5 comentários:

Anonymous xOx disse...

vim linkado de um posto do TdC no sedentário, cheguei aqui sem querer, mas tenho que dizer que esse post, foi realmente fantástico.

19/4/10 22:07  
Blogger raph disse...

Obrigado, se gostou do post provavelmente vai gostar também do livro de Jeffrey Moses, "Unidade", com citações de diversas religiões diferentes, mas que apontam um tema em comum (cada tema é um capítulo, eles são bem curtos).

Abs
raph

20/4/10 09:30  
Anonymous Beto disse...

O título do Post é "Cronologia das religiões", e então não entendi porque o Richard Dawkins está na lista.

2/11/11 20:33  
Blogger raph disse...

Está explicado na Observação #2 no fim do post...

Abs
raph

3/11/11 10:29  
Blogger Emerson disse...

Tem razão na hora em que colocou o antiteísmo como religião, e digo isso não somente pelo fato deles "evangelizarem" os que acreditam no sobrenatural.
Religião vem de Religare, que é religar-se. Esse religar-se poderia ser a um deus ou qualquer outra coisa que traga a transcendência. Portanto, os religiosos querem transcender, e a religião seria o fator que conecta o divino (qualquer coisa transcendental) e o mundano (nós).
O antiteísmo vê nas religiões o atraso (por ser algo que possuí muitas oposições à ciência) e na ciência a transcendência. Em vez de adorar estatuas, citar mantras, ou fazer algum outro rito, eles veem nos malabarismos da ciência as formulas para transcender. E o resultado que eles esperam conseguir após a transcenderem, e a lógica mais pura possível, quase que uma lógica divina.

4/8/13 18:33  

Postar um comentário

‹ Voltar a Home

Acompanhar

Digite seu e-mail abaixo para receber atualizações do blog:

O Autor

Rafael Arrais

ver profile

design by Ayon

Igreja do Livro Transformador

Guiato

Blogger

blogspot visit counter



Licença Creative Commons Alguns textos publicados neste blog encontram-se registrados na Biblioteca Nacional
Related Posts with Thumbnails